Visando se reaproximar do G-4, Santa Cruz encara surpresa Vila Nova

Depois de perder chances de encostar no grupo de acesso, Cobra Coral duela contra segundo melhor visitante da Série B

Visando se reaproximar do G-4, Santa Cruz encara surpresa Vila Nova
Santa Cruz
Vila Nova
Santa Cruz: Júlio César; Gabriel Vallés, Sandro (Anderson Salles), Bruno Silva e Tiago Costa; Wellington Cézar, Derley e João Paulo; Augusto, Halef Pitbull e André Luís. Técnico: Givanildo Oliveira
Vila Nova: Luís Carlos; Maguinho, Guilherme Teixeira, Wesley Matos e Mateus Müller; Claudinei , Gastón Filgueira, Alan Mineiro e Alípio; Mateus Anderson (Tiago Adan) e Moisés. Técnico: Hemerson Maria
ÁRBITRO: Paulo Henrique Schleich Volkopf (MS)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, a ser disputada na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata

Santa Cruz e Vila Nova estão em busca da vitória para continuarem à procura de vaga no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro 2017. A partida nesta terça-feira (18) às 20h30, na Arena de Pernambuco, é de suma importância para seguirem próximos ao grupo de acesso à elite, sendo válida 15ª rodada e disputada em São Lourenço da Mata devido ao estado ruim do gramado no Arruda.

Na última rodada, o Mais Querido enfrentou o Náutico no Clássico das Emoções, na Arena de Pernambuco, e a partida ficou empatada em 0 a 0. Os corais encerraram a rodada na 10º colocação e com 19 pontos. Já o Tigre por sua vez, jogou diante do Paysandu dentro de casa e perdeu de virada por 2 a 1, caindo à 5º posição e somando 23 pontos ganhos na tabela.

Givanildo mantém dúvidas para definir time

O Santa Cruz que vai a campo é um mistério. Givanildo Oliveira declara que só vai revelar a equipe momentos antes, mas alguns desfalques já são dados como certos. O lateral-direito Nininho, o volante Elicarlos, o meia Thiago Primão, se recuperando de lesão, ainda não tem presença confirmada nem entre os relacionados.

Já o atacante Ricardo Bueno, porém, ainda está incerto. Em sua vaga, o comandante deverá manter Halef Pitbull. O Tricolor também tem baixa do zagueiro Jaime, que levou o terceiro cartão amarelo no clássico com o Náutico e está fora cumprindo a automática. Sem tempo para treinar por conta da sequência curta de jogos, o técnico aposta na superação para evitar o curto intervalo.

"Eu já tenho o time definido, porém não vou revelar. Em Campeonato Brasileiro não falo, pois os outros também não definem. Ainda temos esse problema físico. Vou ver se joga Sandro ou Salles porque não tive tempo para treinar com todo o time. A definição para escolher o nosso zagueiro titular só será confirmada na hora", declarou Givanildo.

A novidade no treino coral foi a presença do volante João Ananias, que é o mais novo reforço e se apresentou ao grupo na segunda-feira (17). O marcador participou da atividade no Grito da República, em Olinda, espera regularização para ficar à disposição do treinador Givanildo no BID da CBF.

Hemerson Maria tem três baixas no meio

O técnico Hemerson Maria terá três desfalques no meio-campo para o duelo nesta terça-feira (18). Geovane levou o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão. PH, que retornou de suspensão para o duelo com Paysandu, ficou no banco de reservas, porém apresentou sintomas de dengue e não foi relacionado para a partida.

Outra ausência é o volante Fagner, que também ficou como suplente e sentiu dores na panturrilha, voltando para o departamento médico do Tigre. Com isso, as opções serão Claudinei e Fernando Medeiros, mas o lateral-esquerdo Gastón Filgueira deve continuar atuando pelo meio-campo.

Sem muito tempo para se lamentar, os jogadores do Colorado querem a reação imediata já na partida contra o Santa Cruz, mesmo sendo fora de casa. Segundo melhor visitante da Série B, tendo conquistado até o momento 11 pontos distante de Goiás e ficando atrás apenas do Inter, que conquistou 14, o Vila sabe da importância de vencer. Para o meia-atacante Alan Mineiro, artilheiro do time na competição, o grupo sabe da importância de voltar com os três pontos na bagagem.

"Vai ser um jogo onde a gente vai ter que mostrar muita maturidade e em um jogo de reação rápida né, pois acabamos tropeçando em casa. Será um jogo muito difícil contra o Santa Cruz, porém a nossa equipe é madura o bastante para saber da necessidade de ir lá para Recife e ter de pontuar", afirmou Alan.


Share on Facebook