Tiago Marques decide, Juventude vence Santa Cruz para encerrar série negativa e volta ao G-4

Com gols de Tiago Marques, time gaúcho venceu o Santa Cruz por 2 a 1

Tiago Marques decide, Juventude vence Santa Cruz para encerrar série negativa e volta ao G-4
Foto: Arthur Dallegrave/Juventude
Juventude
2 1
Santa Cruz
Juventude: Oliveira, Tinga, Domingues, Micael e Maurício; Fahel, Diego Felipe (Vacaria), Leílson, Juninho (Vidal) e Ramon (Felipe Lima); Tiago Marques. Técnico: Gilmar Dall Pozo
Santa Cruz: Jacsson, Nininho, Jaime, Anderson Salles e Tiago Costa; Wellington César, João Ananias e Thiago Primão (Halef Pitbull); André Luís (William Barbio), Ricardo Bueno e Bruno Paulo (Júlio Sheik). Técnico: Givanildo Oliveira
Placar: 1-0, Tiago Marques. 2-0, Tiago Marques. 2-1, Júlio Sheik
ÁRBITRO: Salim Fende Chavez, auxiliado por Danilo Ricardo Manis e Miguel Caetano da Costa
INCIDENCIAS: Partida válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, realizada no Estádio Alfredo Jaconi

O Juventude venceu o Santa Cruz pelo placar de 2 a 1 na tarde deste sábado (5). A partida, válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, aconteceu no Estádio Alfredo Jaconi. Os gols da equipe da casa foram de Tiago Marques e do adversário de Júlio Sheik.

Com a vitória o Juventude chegou aos 31 pontos e ocupa a quarta colocação. Já o Santa Cruz soma 23 pontos e está em 16º lugar.

Primeiro tempo sem muitas chances de gol

O Juventude começou a partida levando perigo à zaga do Santa Cruz. Logo aos dois minutos de partida Tiago Marques entrou na área driblando o zagueiro Anderson Salles, mas finalizou em cima do adversário.

Até os 10 minutos de jogo as equipes pouco haviam feito na busca de abrir o placar. O Juventude trocava passes, mas não conseguia passar a marcação do Santa Cruz.

Perto dos 11’ o Tricolor teve sua primeira oportunidade de marcar. Nininho apareceu pela direita e cruzou na área, Ricardo Bueno apareceu antecipando o zagueiro e finalizou de cabeça, mas sem levar perigo para o goleiro Oliveira. Após o lance, o Santa Cruz cresceu na partida e passou a ter mais mais posse, enquanto o Juventude apenas cercava.

Na sequência, o Juventude voltou a aparecer. Aos 17 minutos André Luís derrubou Ramon próximo à área e a arbitragem marcou falta para a equipe gaúcha. Diogo Felipe cruzou na área, mas sem perigo.  Aos 25’, Tinga fez cruzamento pela direita, Anderson Salles tentou afastar, mas a bola sobrou para Ramon, que de primeira mandou por cima do gol. Minutos depois foi a vez de Leílson fazer bela jogada para a equipe da casa, após passar por dois defensores o meia cruzou para Tiago Marques, que chutou forte, mas o goleiro Jacson salvou o Santa.

A parte final da primeira etapa não foi de muitas jogadas. Tinga arrisou de longe para o Juventude, mas mandou para fora. Já o Santa Cruz tentou finalização com André Luís, que chutou sem endereço.

Juventude marca dois e garante vitória

Assim como na primeira etapa, a segunda começou com o Juventude buscando o primeiro gol da partida. Tinga lançou na área, Felipe Lima, que havia entrado na volta do intervalo no lugar de Ramon, matou no peito e chutou, mais uma vez Jacsson salvou o Santa Cruz.

Aos 9 minutos foi a vez do Tricolor responder. Bruno Paulo recebeu de Thiago Primão e levou a bola até a linha de fundo, cortou o zagueiro e finalizou cruzado para fora.

Aos 16’ novamente o Juventude teve falta à seu favor na entrada da área. Leílson fez a cobrança e o goleiro Jacsson espalmou. Em seguida, Tiago Costa derrubou Juninho na área e o árbitro marcou pênalti para o time da casa. Tiago Marques foi para a cobrança e não deu chances para o goleiro do Santa, abrindo o placar da partida.

Após o gol o Juventude passou a pressionar mais o adversário em busca do segundo gol, que veio aos 26’ minutos, novamente de Tiago Marques. O atacante cortou o marcador e e chutou forte, marcando mais um.

Júlio Sheik recém havia entrado na partida e já diminuiu a diferença para o Santa Cruz. Em sua primeira participação, o atacante aproveitou rebote, após chute de Ricardo Bueno na trave, e mandou a bola pro fundo da rede. Após o gol o time Tricolor passou a pressionar em busca do empate. Tiago Costa levantou a bola para Barbio cabecear e a defesa mandou para escanteio. Nininho cobrou e Pitbull cabeceou para fora.

A tentativa de empate do Santa Cruz não teve efeito. A partida acabou com o placar de 2 a 1 para o Juventude


Share on Facebook