Em seu retorno ao Arruda, Martelotte exalta vitória do Santa Cruz e prega confiança

Triunfo contra o Goiás marcou o fim de um jejum de oito jogos sem vitórias da equipe tricolor

Em seu retorno ao Arruda, Martelotte exalta vitória do Santa Cruz e prega confiança
(Foto: Divulgação / Santa Cruz Futebol Clube)

Após uma longa sequências de oito partidas sem ganhar, o Santa Cruz finalmente voltou a vencer pela Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta (15), os Corais bateram o Goiás pelo placar de 3 a 0, e deixaram a zona de rebaixamento da competição. No entanto, caso o Figueirense vença o Internacional no Beira-Rio, o Tricolor encerrará a 24ª rodada na zona da degola. 

Em seu retorno ao Estádio do Arruda nessa nova passagem pelo tricolor pernambucano, o técnico Marcelo Martelotte fez questão de demonstrar satisfação com o desempenho da equipe. O treinador disse esperar que o duelo contra os goianos sirva como referência para o restante da temporada.

''Eu saio daqui feliz, satisfeito e com o sentimento de que as coisas podem dar certo novamente. Muito satisfeito pela vitória e pela atuação da equipe. Esperamos que esse nível seja uma referência para a sequência do campeonato'', comentou.

O comandante ressaltou também a importância da saída do Z-4, mesmo que parcialmente, já que o Santa ainda depende de um tropeço do Figueirense contra o Internacional para encerrar a rodada fora da zona. Entretanto, Martelotte também frisou que ainda não há tranquilidade em relação à classificação. 

''Nós ainda estamos longe de estar numa situação tranquila na classificação, mas é bom dormir fora da zona de rebaixamento. Agora vamos esperar a rodada para ver se isso se confirmaCom uma vitória como essa, vemos também que o empate com o ABC foi bom, estamos em uma sequência positiva''.

O próximo desafio do Tricolor será na próxima sexta-feira (22), diante do Londrina, que ocupa atualmente a nona posição na tabela, com 33 pontos conquistados, seis a mais que o Santa, 15º colocado com 27. O confronto está marcado para as 21h30 (de Brasília), no Estádio do Café, no Paraná.