Sem sequer estrear por problemas com CBF, volante Bileu deixa o Santa Cruz

O volante não conseguiu atuar pelo Tricolor em consequência de problemas com a CBF. Atacante Pachu também pode deixar o clube sem conseguir estrear pelo time

Sem sequer estrear por problemas com CBF, volante Bileu deixa o Santa Cruz
Divulgação/Santa Cruz Futebol Clube

No treino desta terça-feira (10) o Santa Cruz não contou com a presença do volante Bileu junto ao elenco. Por questões burocráticas, o jogador provavelmente não fará mais parte do elenco do time no restante da temporada. 

Bileu, que teve passagens pelo time em 2014 e 2015, não retorna ao  Arruda da forma como muitos esperavam. O jogador, que voltou ao time no dia 14 do mês passado, dessa vez, não teve a oportunidade de fazer sua estreia no Campeonato Brasileiro da série B deste ano atuando pelo Tricolor. O volante, que chegou como esperança para suprir a função de cabeça de área, teve as expectavivas frustradas devido a sua situação com a CBF não ter sido resolvida. 

O ocorrido é que a cobra coral seria a quarta equipe em que o atleta atuaria nesta temporada, o que não é permitido pelo regulamento geral da competição, mas que seria possível por que o jogador não chegou a atuar pelo Tombense/MG, o primeiro dos outros dois clubes em que o atleta passou antes da sua volta ao Santa Cruz.

A diretoria do clube junto ao departamento jurídico consultou a Confederação Brasileira de Futebol mas não obteve reposta sobre a situação.  

"Estamos esperando até a última instância para sabermos se poderemos continuar com o atleta ou não. Já consultamos a CBF, mas o nosso departamento jurídico está tentando a última cartada para podermos utilizar o jogador", disse o vice-presidente Constantino Junior.

Além do volante Bileu, contratdo para a temporada e que não conseguiu atuar, o atacante Pachu certamente deixará o time sem fazer sua estreia, mas não pelo mesmo motivo.

No caso do atacante Pachu, por indicação do ex-técnico do clube Givanildo Oliveira, chegou por empréstimo do Botafogo. Pachu não conseguiu alavancar diante da concorrência.

O clube não chegou a se posicionar oficialmente sobre o caso dos jogadores. 

Santa Cruz