Após marcar depois de 14 jogos, Bueno comemora fim de jejum, mas lamenta empate

Gol marcado por Ricardo Bueno impediu o que seria a segunda derrota seguida do Tricolor

Após marcar depois de 14 jogos, Bueno comemora fim de jejum, mas lamenta empate
(Foto: Divulgação / Santa Cruz Futebol Clube)

Em partida válida pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz visitou o Vila Nova em Goiânia e saiu de campo com um empate pelo placar de 1x1 no Serra Dourada. Autor do gol dos Corais, o atacante Ricardo Bueno concedeu entrevista logo após o duelo, mas fez questão também de tocar num assunto que o vinha incomodando: o longo jejum de 14 jogos sem balançar as redes.

''O atacante tem que estar sempre marcando. Isso (jejum de gols) estava me incomodando e hoje consegui ajudar o Santa Cruz nessa partida'', desabafou.

Sobre o coletiva, Bueno, que chegou ao seu quinto gol nesta Série B, disse acreditar que os três pontos não foram conquistados devido a postura adotada pela equipe após o gol de empate, marcado já na etapa final. Ao invés de pressionar em busca da virada, os pernambucanos teriam diminuído o ímpeto ofensivo, deixando escapar uma boa possibilidade de diminuir ainda mais a distância para sair da zona da degola.

''Eu acho que quando empatamos o jogo, abdicamos um pouco de jogar. A marcação era boa, mas era para nós ficarmos mais com a bola no pé. Depois que empatamos, deixamos escapar essa chance de atacar'', comentou.

O Santa Cruz volta agora as suas atenções para o embate diante do Boa Esporte, no próximo sábado (11), em Varginha. O jogo, que está marcado para as 16:30 de Recife e 17:30 de Varginha, é um confronto direto e pode servir de gás para uma arrancada na reta final, apesar das dificuldades na tabela de classificação. No primeiro turno, as duas equipes se enfrentaram na Arena de Pernambuco e empataram pelo placar de 1x1.