No último teste antes de estrear na Copa do Nordeste, Santa Cruz empata com América-PE

Na última movimentação antes da estreia da temporada, Santa Cruz empata em 1x1 contra o América-PE

No último teste antes de estrear na Copa do Nordeste, Santa Cruz empata com América-PE
Santa Cruz realiza último teste em Aldeia (Foto: Divulgação/Santa Cruz)

Ainda em preparação para temporada, Santa Cruz e América-PE ficaram no empate em 1 a 1, na tarde desta quinta-feira (11), em jogo-treino realizado em Aldeia. Esse é o segundo teste solicitado por Junior Rocha visando a atual temporada da equipe, o primeiro foi a vitória por 6 a 0 diante o AGAP/PE. Diferente do primeiro teste, onde o técnico realizou substituições ainda no intervalo, nessa oportunidade o comandante trocou apenas na segunda etapa. 

Com o intuito de observar tudo que tem a disposição, Junior Rocha montou assim os onze iniciais: Tiago Machowski; Vítor, Augusto Silva, Renato Silveira e Paulo Henrique; João Ananias, Jorginho, Daniel Sobralense e Arthur Rezende; Robinho e Augusto. Na primeira etapa, pouca ofensividade de ambos os times, raras chances de gol e um jogo de mais marcação. O destaque foi o lateral-direito Vitor que participou ativamente das poucas investidas, o atacante Robinho perdeu a única oportunidade pelo lado do Santa Cruz, enquanto o meia Arthur Rezende bateu as faltas. Já o América que também focou em marcar, teve apenas uma oportunidade com bola parada, mas sem êxito.

Na segunda etapa a partida ficou mais movimentada. Logo no primeiro minuto, o América-PE abriu o placar, de pênalti. Em seguida, o Santa desperdiçou a chance de igualar o marcador com o meia Arthur Rezende, que perdeu uma penalidade. Com a desvantagem no placar, o Santa Cruz passou a pressionar ainda mais  a equipe do Mequinha até achar seu gol após um após uma cobrança de falta de Arthur, aproveitada pelo volante Jorginho.

Minutos após o gol da equipe coral, Junior Rocha promoveu o rodízio do time e colocou a seguinte equipe em campo: Tiago Machowski; Ítalo, Genílson, Júnior e Wesley; Ilaílson, Lucas Gomes (João Victor), Geovani (Walisson), Jeremias  e Robinho Mota; Anderson. As mudanças não fizeram o Santa Cruz diminuir o ritmo e a equipe coral continuou a pressionar o América-PE chegando a acertar o travessão com o zagueiro Junior, cria da base coral. 

Após a movimentação, o técnico Junior Rocha comentou sobre adversários e a resistência da equipe : "Foi citado no jogo do Náutico e Itabaiana, Itabaiana está com uma base do ano passado e o Náutico teve que reconstruir praticamente do zero, me falaram muito da parte ofensiva e é dificil ter um padrão ofensivo, defensivamente hoje as equipes se encontram muito organizadas, e distruir é muito mais fácil que construir. (...) Hoje é dia onze, a gente chegou aqui dia dois e assim mesmo a gente suportou bem esses noventa minutos. Eu estou bem feliz com a dedicação de todos no dia a dia mas ainda estamos longe do ideal". 

Sem o ídolo Grafite disponível para a estreia do Santa Cruz na temporada diante do Confiança na próxima terça-feira (16), Junior revelou que ainda não tem o substituto definitivo: "Eu estudo muito a caracteristicas dos nossos atletas, se for for ver os gols do Augusto sempre foi mais por dentro do que pela beirada, então é um atleta que se tiver que ir algum deles como Daniel (Sobralense), o próprio Arthur, os dois(Daniel e Arthur) fizeram a parte do meio e eles tem mais facilidade em jogar de costas para o gol, o Augusto já é mais agudo e teve dificuldades no primeiro tempo, mas muito mais pela parte física (..), Hoje seria o Augusto para fazer por ali por dentro mas eu já que ele vai ter dificuldade para fazer"

Na manhã desta sexta-feira (12), um trabalho físico na academia encerra a estadia do Santa Cruz em Aldeia.