Copa do Nordeste: tudo que você precisa saber sobre Santa Cruz x Treze

Equipes não conseguiram o resultado positivo na estreia do Nordestão e vão em busca da vitória para subir na classificação

Copa do Nordeste: tudo que você precisa saber sobre Santa Cruz x Treze
Santa encerrou preparação para a partida nesta segunda-feira (5) (Foto: Divulgação / Santa Cruz)
Santa Cruz
Treze
Santa Cruz: Tiago Machowski, Vítor, Augusto Silva, Genílson e Ávila; Jorginho, Luiz Otávio e Arthur; Robinho, Jeremias e Vinícius. Técnico: Júnior Rocha.
Treze: Saulo; Ferreira, Leonardo Luiz, Ítalo e Caíque; Alberto, Johnnattan, Dedé e Marcelinho Paraíba; Fábio Neves e Reinaldo Alagoano. Técnico: Oliveira Canindé
ÁRBITRO: Pablo Ramon Gonçalves (RN)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste 2018. Será realizada nesta terça-feira (6), às 22h45 (Brasília), no Arruda, em Recife, Pernambuco

Em jogo válido pela 2ª rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, Santa Cruz e Treze duelam por uma vitória que deixaria uma das equipes próximo ao líder CRB. A partida, que será realizada com portões fechados, terá a arbitragem de Pablo Ramon Gonçalves, acontecerá no Arruda, casa do time tricolor, às 22h45 (horário de Brasília) desta terça-feira (6).

Se passaram três semanas desde a primeira partida do Tricolor do Arruda pela Copa do Nordeste, quando o time empatou por 1 a 1 com o Confiança fora de casa. Nesse meio tempo, a equipe coral disputou o Campeonato Pernambucano e teve muitas dificuldades, conquistando apenas três empates e uma derrota, o que deixou o Santa na penúltima colocação do estadual.

Já o Treze, que perdeu na estreia para o CRB, vive uma fase totalmente diferente. A equipe alvinegra é a líder do Grupo B do Campeonato Paraibano, somando 11 pontos em seis partidas disputadas. Apesar disso, uma vitória contra o Santa é essencial para as pretensões do time na competição regional.

Santa Cruz definido

Para o jogo contra o Treze, nesta terça-feira (5), além das dificuldades da partida em si, o time tricolor terá que lidar com o fator pressão pelo fato do time ainda não ter conseguido conquistar nenhuma vitória nas seis partidas que fez no campeonato. Mesmo com esse lado negativo, o técnico Júnior Rocha viu evolução do time no último confronto, um empate contra o Salgueiro por 1 a 1, fora de casa.

“Hoje vimos uma equipe se ajudando, se cobrando um pouco mais. Conseguimos chegar a um equilíbrio e tivemos uma boa atuação. Mas temos muitas coisas para ajustar. Sabemos que é muito difícil jogar em Salgueiro. Vamos trabalhar e acredito que vamos evoluir”, avaliou o comandante do Santa Cruz.

Por ter concluído que o time foi bem contra o Carcará, Júnior Rocha deve promover apenas uma alteração no time titular. Vitor, que não atuou na última partida por dores na coxa direita, foi liberado e atuará no lugar de Ítalo, que voltará a ser opção no banco de reservas. O único que continua como desfalque é o meia Daniel Sobralense, que  voltou a sentir o tornozelo esquerdo.

Com isso, o Santa deve atuar com: Tiago Machowski, Vítor, Augusto Silva, Genílson e Ávila; Jorginho, Luiz Otávio e Arthur; Robinho, Jeremias e Vinícius.

Treze conta com desfalques

No comando de sua equipe, o Treze terá um velho conhecido do Santa Cruz. Oliveira Canindé, que treinou o time tricolor em 2014, terá dois desfalques para o jogo no Arruda. O atacante Edinho Canutama e o zagueiro Fernando Lopes, machucados, nem viajaram com a delegação alvinegra.

Mesmo vivendo uma boa fase, a principal preocupação com Canindé, ressaltada por ele após a eliminação para o Figueirense na Copa do Brasil, é o ataque do time, que vem produzindo muitas chances, mas não consegue aproveitá-las, o que tem influído nos resultados do Treze nas competições que disputa.

"Foi uma eliminação que nos deixa triste, mas a gente comemora o fato de que o time foi muito bem dentro de campo. Mas é notório que a gente precisa trabalhar ainda mais as finalizações para os próximos jogos. Quando você consegue marcar os gols, os jogos acabam sendo mais tranquilos, e a gente precisa trabalhar essa situação", avaliou Canindé.

O Galo deve ir a campo com: Saulo; Ferreira, Leonardo Luiz, Ítalo e Caíque; Alberto, Johnnattan, Dedé e Marcelinho Paraíba; Fábio Neves e Reinaldo Alagoano.