Santos e Botafogo se enfrentam no Pacaembu para afastar crise

Alvinegros contam com a apresentação de reforços para voltar a vencer e suprir pouca efetividade ofensiva

Santos e Botafogo se enfrentam no Pacaembu para afastar crise
Equipes não se enfrentam desde 2014, no qual o Santos aplicou uma goleada na equipe carioca (Imagem: Alexandre Loureiro/Getty Images)
Santos
Botafogo

Neste domingo (6), às 11h, Santos e Botafogo se enfrentam no Estádio do Pacaembu em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes buscam a recuperação na competição após terem sido derrotados no meio de semana. Enquanto o alvinegro praiano perdeu para o Corinthians, o clube de General Severiano teve um revés contra o Cruzeiro. Ambos os jogos tiveram o placar mínimo, 1 x 0. Com o resultado, Santos e Botafogo se encontram, respectivamente, na 15ª e 16ª posição na tabela. 

Não é apenas na classificação do Campeonato que as duas equipes estão próximas. No confronto histórico, considerando apenas os jogos de Campeonato Brasileiro, também há um grande equilíbrio. No total, são 17 vitórias para cada lado e 15 empates. 

REFORÇOS PARA OBTER BONS RESULTADOS E AFASTAR A CRISE 

Para a partida de domingo, o Santos pode contar com a estreia de Rodrigão. Apresentado na Vila Belmiro, o nome do jogador apareceu no Boletim Informativo Diário, o BID, na quinta-feira e com isso deve vestir a camisa santista no confronto no Pacaembu, já que, Ricardo Oliveira, o titular da equipe e referência de gols do time, está lesionado e sem previsão de volta. 

A ausência de Ricardo Oliveira faz com que o desempenho do time caia e isso é refletido nos resultados. Com o atacante, o aproveitamento do Santos é de 71%. Sem ele, de apenas 56%. Porém, a chegada de Rodrigão gera esperança aos torcedores, visto que o novo reforço é o artilheiro do Brasil no ano de 2016 com 18 gols marcados pela equipe do Campinense.  

Do outro lado, o Botafogo sofre com a pouca eficiência ofensiva. O time comandado por Ricardo Gomes tem o segundo pior ataque do Campeonato Brasileiro, com três gols marcados, apenas um a mais que o Sport, com dois. O clube carioca se reforçou na posição com a contratação de Rodrigo Pimpão, que atuou no Alvinegro em 2015 durante parte da Série B, e Gustavo Canales, que defendia a Universidad do Chile. Por se tratarem de transferências internacionais, ambos atletas só poderão vestir a camisa do Botafogo no dia 20 de junho. 

Quem também chegou ao Glorioso, porém já podendo atuar, foi Dudu Cearense. O jogador já esteve no banco de reservas em Brasília no jogo contra o Cruzeiro e está disponível para o técnico Ricardo Gomes. O jogador enxerga a atual situação da equipe como reversível e pede uma mentalidade vencedora no grupo.

 Estou imensamente feliz por fazer parte desse clube. As expectativas são as maiores, para contribuir dentro e fora de campo. Vou trabalhar para colocar a mentalidade vencedora no grupo. A recepção foi maravilhosa pelo Ricardo, torcida, grupo. Quando você tem essa recepção, você quer ajudar.

 A pressão no futebol é uma coisa normal. Quando se joga no futebol, a pressão é como se fosse um pacote. Então qualquer atleta em um clube de dimensão grande, a pressão é natural. Temos que nos cobrar internamente sempre.

O duelo entre Santos e Botafogo no Pacaembu traz boas lembranças aos torcedores das duas equipes. Foi neste estádio que o clube de General Severiano conquistou seu último título do Campeonato Brasileiro, em 95, no time comandado por Túlio Maravilha. Anos depois, já em 2010, Loco Abreu foi o responsável pela vitória no mesmo estádio após fazer um golaço. Do lado do Santos, uma goleada histórica. Vitória de 5 x 0 em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil de 2014.