Com elenco inflado, Santos negocia os meias Serginho e Ronaldo Mendes

Após chegada de reforços, diretoria santista busca enxugar o elenco se desfazendo de peças que não estão sendo utilizadas por Dorival

Com elenco inflado, Santos negocia os meias Serginho e Ronaldo Mendes
Com elenco inflado, Santos negocia os meias Serginho e Ronaldo Mendes

A diretoria do Santos começou nesta semana um processo de "limpeza" no elenco. Com 40 atletas formando a base de atletas da equipe alvinegra, alguns foram negociados. Serginho, meio-campista titular no início da temporada, perdeu espaço após a ascensão de Victor Bueno e foi emprestado ao Vitória. Já Ronaldo Mendes, que viveu boa fase na reta final do Campeonato Paulista, foi vendido ao Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos. O peixe lucrou cerca de R$ 1 milhão com o negócio.

No primeiro semestre Serginho ganhou inúmeras chances do técnico Dorival Junior, mas não convenceu nas 18 ocasiões que esteve em campo, não marcando um gol sequer. Ronaldo Mendes atuou apenas 13 vezes, mas teve maior destaque. O meia marcou o gol de empate na primeira partida da final do Paulistão, contra o Audax e ganhou moral com a comissão técnica e torcida. Mas os 3 gols não foi suficiente para a diretoria recusar a oferta dos árabes. 

Além dos dois, outros atletas que não estão sendo aproveitados devem ser negociados ao longo das próximas semanas. O zagueiro Paulo Ricardo chegou a assumir a titularidade em algumas partidas em 2015, inclusive improvisado como volante. Mas as constantes lesões o impediram de brigar por uma vaga na equipe e está negociando seu empréstimo, ainda sem destino divulgado. O meia argentino Maxi Rolon foi liberado para procurar clube e o atacante Paulinho deve ser devolvido ao Flamengo.

A desfeita da diretoria santista de atletas que já foram titulares da equipe tem reflexo direto do rendimento dos novos reforços da equipe. O atacante Rodrigão chegou do Campinense para ser suplente de Ricardo Oliveira e vem surpreendendo: três gols em quatro partidas. O colombiano Jonathan Copete chegou com poupa do Atletico Nacional e fez jus as expectativas. Entrou durante a partida na derrota para o Grêmio, por 3 a 2 e na vitória por 3 a 0 diante da Chapecoense, participando de todos os gols santista, com dois gols e três assistências.