Santos e América-MG se enfrentam em duelo de opostos no Independência

O líder Santos visita o lanterna do Brasileirão, América-MG; na luta pela manutenção da liderança

Santos e América-MG se enfrentam em duelo de opostos no Independência
Ivan Storti/Santos FC
América-MG
Santos
América-MG: João Ricardo; Jonas, Sueliton, Alison e Gilson; Juninho, Leandro Guerreiro, Matheusinho, Pablo e Osman (Danilo); Michael.
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira
ÁRBITRO: Pablo dos Santos Alves (PB) apita, auxiliado por Luís Filipe Gonçalves Correa (PB) e Oberto Santos da Silva (PB)
INCIDENCIAS: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), domingo, 11h (de Brasília)

O Brasileirão se encaminha para a última rodada do primeiro turno (19ª), os times que se encontram na parte de baixo da tabela já começam a formular uma reação, e os times em situação confortável focam em manter o padrão tático e o vigor físico. Santos e América-MG se enfrentam neste domingo (07) às 11:00 no estádio Independência, e são simbolos destas sitações tão distintas; o time paulista é líder da competição com 33 pontos já o "coelho" é o lanterna, com apenas 10 pontos.

O técnico Dorival Júnior está preocupado com o desgaste físico dos atletas que viajaram para Cuiabá e enfrentaram o Flamengo na última quarta-feira. Ao mesmo tempo está aliviado com o retorno de peças fundamentais. Lucas Lima, recuperado de edema muscular na coxa esquerda, e Ricardo Oliveira, poupado contra o Fla por causa de incômodo no joelho direito, voltam e podem ir a campo. 

Já o time da casa, comandado por Enderson Moreira começou a fazer as contas para escapar do rebaixamento, por isso cada ponto disputado em seus domínios são preciosos. O treinador não confirmou o time que enfrentará o líder do Brasileiro, a principal dúvida é o retorno do meia Osman ao time. Suspenso na última partida, por tomar seu terceiro cartão amarelo, o jogador já está à disposição do treinador. Danilo Barcelos, que o substituiu no jogo de quarta, contra o Sport e fez um gol importante, e está cotado para ser titular.