Dorival tenta esquecer Palmeiras na luta por título: “Temos que fazer nossa parte”

Treinador festejou melhora da equipe nas últimas rodadas, principalmente na parte ofensiva; luta por título pode se encaminhar para o fim já na próxima rodada

Dorival tenta esquecer Palmeiras na luta por título: “Temos que fazer nossa parte”
Foto: Ivan Storti/SFC

Após a vitória do Santos diante do Vitória na noite desta quinta-feira (17), na Vila Belmiro, o treinador Dorival Junior se mostrou animado e satisfeito não só com o desempenho da equipe em campo, mas também com a postura em si, de seus comandados. Na coletiva realizada na sala de imprensa do Berço de Craques, o treinador exaltou a evolução do setor ofensivo da equipe, em um rápido comparativo com as rodadas passadas.

“Acho que a equipe produziu um pouco melhor ofensivamente do que vinha acontecendo. Os jogos nesse momento do campeonato são mais complicados. Não vejo uma equipe sequer jogando um excelente futebol. Nessa reta final os jogos são de resultado”, destacou.

A vitória com gols de Copete e Ricardo Oliveira (pênalti) nesta noite garantiu que o peixe siga na luta pelo título. Contudo, o sonho – cada vez mais distante – não depende apenas do alvinegro praiano. Para levantar o caneco mais uma vez, a equipe do litoral paulista terá de manter o bom momento, vencendo seus duelos, mas também terá de contar com tropeços do rival Palmeiras. Entretanto, apesar de possível, Dorival parece adotar um discurso com a finalidade de tirar a pressão dos atletas. Para o treinador, o momento é de esquecer o rival na luta por título.

“Não sabemos o que estará reservado para nós nestas rodadas finais. O principal é fazermos nossa parte. Teremos dois compromissos complicadíssimos fora de casa. Naturalmente teremos que buscar uma recuperação rápida para o jogo no Mineirão, onde vai ser muito complicado”, alertou o comandante.

O Santos retorna aos gramados diante do Cruzeiro, no Mineirão, às 17 horas (de Brasília) do próximo domingo. A partida, válida pela 36ª rodada será a prova de fogo para a equipe. Caso perca, o Palmeiras pode encaminhar o título mesmo com uma derrota. Depois dos mineiros, o Peixe ainda terá pela frente o Flamengo, no Rio de Janeiro, e por fim, o já rebaixado América-MG, na Vila Belmiro.