Soberano, Santos bate Corinthians/Audax e abre vantagem na final do Brasileiro Feminino A1

Com gols de Sole James e Patrícia Sochor, Sereias da Vila dominam partida e impõe ritmo de jogo com facilidade

Soberano, Santos bate Corinthians/Audax e abre vantagem na final do Brasileiro Feminino A1
Em casa, Sereias da Vila fazem 2 a 0 e contam com vantagem na disputa do Brasileiro Feminino A1 (Foto: Robson Fernandjes/ALLSPORTS)
Santos
2 0
Corinthians/Audax
Santos: Dani Neuhaus; Kati, Carol Arruda, Camila e Dani Silva; Marilia, Brena, Maurine e Patricia Sochor; Ketlen e Sole James.
Corinthians/Audax: Lelê, Paulinha, Pardal, Mimi e Juci; Grazi, Ana Vitória, Cacau e Gabi Nunes; Nenê e Byanca Brasil
Placar: 1-0, min. 15, Sole James. 2-0, min. 20, Patrícia Sochor.
ÁRBITRO: Rejane Caetano da Silva (RJ).
INCIDENCIAS: Partida válida pelo jogo de ida da final do Campeonato Brasileiro Feminino A1.

Santos e Corinthians/Audax disputaram, na noite desta quinta-feira (13), o jogo de ida da grande final do Campeonato Brasileiro Feminino A1, na Vila Belmiro. Donas da casa, as Sereias da Vila souberam impor seu ritmo de jogo e dominaram a partida, fazendo 2 a 0 com facilidade e administrando a vantagem no decorrer do duelo.

Diante de 15 mil pessoas, público recorde na Vila Belmiro em 2017, Sole James e Patrícia Sochor marcaram os gols do Peixe. No jogo de volta na próxima quinta (20), o Santos pode até perder por um gol de diferença para botar conquistar o título nacional inédito. A partida ocorrerá na Arena Barueri, às 18h.

Apesar do equilíbrio no primeiro tempo, Santos marca duas vezes 

A partida na Vila Belmiro começou sem grandes emoções. Em um início marcado pelo forte equilíbrio entre as equipes, o Corinthians/Audax teve sua primeira grande chance aos quatro minutos de bola rolando. Em cruzamento na área, Gabi Nunes cabeceou com perigo, mas bola saiu à direita de Dani Neuhaus, goleira do Peixe. O Santos faz sua primeira finalização quatro minutos após a tentativa corinthiana, em lance envolvendo a capitã Maurine.

Aos 15 minutos do primeiro tempo, Sole James aproveitou falha na zaga do Corinthians/Audax, insistiu até o final e contou com a falha da goleira Lelê, do Corinthians. A artilheira do Campeonato Brasileiro, com 17 gols, ficou sozinha de cara para as traves e o final foi escrito dentro da rede: 1 a 0 para as Sereias da Vila e o ínicio da soberania santista no confronto. 

O Corinthians/Audax, ao tentar esboçar uma reação, acabou deixando espaços na marcação, que possibilitaram diversos contra-ataques da equipe santista. Pouco menos de cinco minutos depois do primeiro gol marcado, Patrícia Sochor aproveitou sobra de bola na área corinthiana e finalizou com um golaço de cobertura para ampliar para o Santos. No placar, 2 a 0 para as Sereias da Vila e um banho de água fria no Corinthians/Audax, que vinha crescendo na partida. Com a vantagem, o Peixe manteve-se calmo e ditou o ritmo no restante da etapa, administrando bem a posse de bola e aproveitando os espaços na defesa corinthiana.

Santos administra vantagem e sacramenta vitória 

O segundo tempo, no geral, se assemelhou muito ao final da primeira etapa. Com a vantagem no placar, as Sereias da Vila souberam administrar a posse de bola e ainda buscaram o terceiro gol em eventuais contra-ataques. O terceiro gol quase chegou com Ketlen; a camisa 7 do Peixe recebeu pela direita e chutou rasteiro, mas parou em grande defesa da goleira Lelê.

Sem conseguir propor jogadas, o Corinthians/Audax foi tomado por um sentimento de desespero. O Timão mudou radicalmente sua estratégia em campo, investindo com força nas bolas cruzadas na área. Camila e Arruda, no entanto, estavam a postos na zaga santista para neutralizar as ofensivas corinthianas. Em uma última chance de diminuir o placar, Gabi Nunes cruzou na área e a bola desviou no ombro de Grazi, mas Dani Neuhaus fez defesa segura e impediu quaisquer surpresas para o Peixe.


Share on Facebook