Sereias da Vila: solidez defensiva do Santos é um dos trunfos da equipe

A equipe santista ganhou notoriedade no cenário mundial entre 2009 e 2012, quando foi completamente desmontada por falta de patrocínio

Sereias da Vila: solidez defensiva do Santos é um dos trunfos da equipe
Foto: Robson Fernandjes/AllSports

O Santos venceu o Corinthians pelo placar de 1 a 0 na decisão do Brasileirão Feminino 2017, nesta quarta-feira (20), na Arena Barueri, e garantiu mais um título para a conta das Sereias da Villa. Este consagrado clube agora volta a figurar entre as potências do futebol feminino brasileiro.

A equipe - considerada a melhor do mundo em 2011 - foi desmontada no ano seguinte por falta de patrocínio e retornou apenas em 2015. Durante sua recuperação, o clube fez uma aposta certeira na solidez defensiva para se firmar no cenário nacional.

O Santos viveu momentos de glória durante as temporadas de 2009 a 2011. Foi considerada a equipe mais forte do futebol feminino brasileiro e ficou mundialmente conhecida após conquistar o bicampeonato da Libertadores (2009 e 2010) e o Mundial de Clubes em 2011. As Sereias da Vila contavam em seu plantel com jogadoras como Marta e Cristiane e formavam a base da seleção feminina - levando sete jogadoras para a Copa do Mundo da Alemanha em 2011.

Entretanto, em 2012, a equipe foi totalmente desmontada na gestão do presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, que justificou o fim pela falta de patrocínio. O projeto só foi retomado quando Modesto Roma Júnior assumiu em 2015.

Solidez defensiva

Uma das armas das Sereias da Vila nesta retomada foi sua forte linha defensiva. Em sintonia com o ataque - que contou com grandes artilheiras também -, o sistema defensivo santista se rendeu a poucos gols e apresentou grandes e promissores nomes para a seleção feminina.

Não é a toa que duas representantes santistas na Seleção neste ano compõe exatamente a linha defensiva do peixe. Nesta temporada, a equipe sofreu apenas 2 derrotas e tomou somente 10 gols em 20 jogos disputados. 

Uma das responsáveis pela solidez defensiva santista é a goleira Dani Neuhaus. Aos 24 anos, ela ganhou sua primeira oportunidade na seleção principal em junho deste ano. Com ótima passagem pela seleção de base, conquistou o Sul-Americano e disputou a Copa do Mundo do Japão, sendo a camisa 1 da Seleção Sub-20 em 2012.

Outra Sereia da Vila que merece destaque é a volante Maria. Ela acaba de voltar à seleção brasileira com a renovação que Emily Lima vem promovendo. Maria chegou a ser chamada para as etapas preparatórias para a Olimpíada Rio 2016.

Ambas estarão junto da Seleção durante a disputa do Torneio das Nações, a ser disputado nos Estados Unidos a partir do dia 27 julho.

Santos FC