Bruno Henrique reclama de eleições e diz que prejudicaram a reta final do Santos no Brasileirão

Após o último jogo contra o Avaí, em que o Santos empatou por 1 a 1, jogadores lamentaram fase da equipe nesse ano

Bruno Henrique reclama de eleições e diz que prejudicaram a reta final do Santos no Brasileirão
Atacante Bruno Henrique no jogo contra o Avaí (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

No último jogo do ano, o Santos empatou contra o Avaí em 1 a 1 perdendo a chance de vice liderança do Campeonato Brasileiro que custaria R$11,3 milhões. Alguns jogadores do clube que acreditaram na equipe até o último minuto mas não ficaram satisfeitos com a reta final e culparam eleições.

O zagueiro Lucas Veríssimo acreditou até o último instante que o clube teria uma chance e disse que a equipe merecia mais. “Acho que o Santos merecia mais. Esse grupo merece títulos”, declarou o zagueiro.

O Alvinegro terminou o ano em terceiro lugar do campeonato Brasileiro com 63 pontos, empatado com o Palmeiras. Além disso, foi eliminado nas quartas de final do Paulistão, Copa do Brasil e Libertadores. O atacante Bruno Henrique que foi destaque principal nessa temporada, disse que o clube foi prejudicado pelas eleições presidenciais.

"Não adianta culpar só os jogadores. Todos os times que passam por eleições encaram isso, é difícil. O fora de campo reflete dentro de campo. Espero que em 2018 as coisas aconteçam. Que a gente monte um time competitivo, com força de quem está fora, de quem está dentro, para conquistar títulos", disse Bruno Henrique.

O atacante não se destacou no ultimo jogo contra o Avaí, mas disse que está feliz no momento."Estou feliz pelo meu momento. Agora descansar", completou o atacante.

As eleições citadas, ocorrerão no próximo sábado (09), e vão decidir quem estará no comando pelos próximos três anos. Modesto Roma Júnior (atual presidente) tenta a reeleição contra outros três de oposição, como candidatos José Carlos Peres, Andrés Rueda e Nabil Khaznadar.