Ídolo santista na década de 70, Clodoaldo não é mais consultor no Santos FC

Após dois anos como consultor do alvinegro praiano, o ex-volante não frequentará mais o dia-a-dia no CT Rei Pelé

Ídolo santista na década de 70, Clodoaldo não é mais consultor no Santos FC
Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC

Na tarde desta terça-feira (23), O Santos FC soltou uma nota oficial informando o torcedor sobre o desligamento de Clodoaldo Tavares Santana, ex-volante que brilhou com as camisas alvinegra e canarinha na década de 70.

O tricampeão mundial assumiu a função não remunerada de consultor executivo administrativo durante a gestão de Modesto Roma Júnior e se manteve nela até então, quando José Carlos Peres foi eleito o novo presidente do clube.

Essa não foi a única função importante assumida pelo ex-volante no clube. Corró já foi gerente de futebol, diretor e vice-presidente do Santos no final dos anos 90.

Durante a última eleição para a presidência do time paulista, Clodoaldo foi cogitado como vice-presidente da chapa de Modesto Roma Júnior, o que fez com que o novo mandatário santista o enxergasse como uma ameaça para sua gestão.

Esta é a terceira demissão desde que José Carlos Peres assumiu a presidência do clube. Antes de Clodoaldo, os ex-jogadores, que trabalhavam como auxiliares no clube, Marcelo Fernandes e Elano também foram demitidos. 

Confira a nota oficial do Santos:

"O Santos FC agradece os serviços prestados por Clodoaldo Tavares Santana. Ele exercia a função de Consultor Executivo Administrativo desde maio de 2016. O Clube deseja muita sorte ao ídolo santista, que como jogador atuou em 510 partidas e marcou 13 gols, entre os anos de 1966 e 1980."