Kelvin se anima com vitória em clássico: "Dá ainda mais confiança para a sequência do campeonato"

São Paulo voltou a vencer um clássico após quase um ano; última vitória havia sido contra o Santos, em junho do ano passado

Kelvin se anima com vitória em clássico: "Dá ainda mais confiança para a sequência do campeonato"
Foto: Getty Images

O São Paulo voltou a vencer um clássico após quase um ano. Jogando contra o Palmeiras, no Morumbi, a equipe de Edgardo Bauza não começou bem, e foram os palestrinos que tiveram as melhores chances no início do jogo. Entretanto, após Paulo Henrique Ganso cabecear para o gol e abrir o placar, o Tricolor dominou praticamente todas as ações, foi pouco assustado pelo rival e ainda teve muitas chances de ampliar a vantagem.

Com a vitória deste domingo (29), o Tricolor, além de quebrar o incômodo tabu de não vencer os últimos clássicos, ainda manteve um outro tabu, mas, esse, positivo: no Morumbi, o São Paulo não perde para o Palmeiras desde 2002. De quebra, os tricolores ainda ultrapassaram os rivais na tabela do Brasileirão e chegaram à sexta colocação, com sete pontos.

Kelvin foi um dos destaques da equipe, principalmente na segunda etapa. Além de ajudar na marcação pelo lado direito, o jogador ainda chegava com fôlego ao ataque e aplicou uma bela sequência de dribles em Zé Roberto ao fim da partida. O atacante ressaltou a importância de bater um rival novamente.

"É bom demais voltar a ganhar clássicos. Isso serve de motivação e dá ainda mais confiança para a sequência do campeonato. O resultado mostra a importância do grupo: mesmo os que estão entrando na vaga dos que estão machucados estão mostrando serviço", disse.

Já o goleiro Dênis, que fez algumas boas defesas e se mostrou mais seguro comparado aos últimos jogos, principalmente nas saídas do gol, acabou se machucando em uma dividida forte com Alecsandro e teve que ser atentido em campo. O arqueiro tricolor falou sobre o lance.

"Foi um lance de jogo, tentei segurar, a bola deu uma escapada, a bola quicando dificultou um pouco. Cortou a cabeça e o rosto também, e agora é conversar com os médicos e ver. Não teve maldade, foi um lance de jogo normal"

No final do jogo, ainda houve uma pequena discussão entre o zagueiro Maicon e o atacante Rogério. Autor do gol da vitória, Ganso minimizou: "Nosso time é um grupo que cresceu muito porque cada um cobra o outro". Sobre o lance, Rogério também não deu importânica: "Foi uma discussão de jogo. Eu pedi desculpas, o Maicon pediu desculpas, está tudo certo".

Após o bom jogo, o São Paulo terá agora tranquilidade para trabalhar e ajustar alguns detalhes para a próxima partida. Na quarta-feira (1º), às 21h45, o Tricolor já volta a campo, mais uma vez pelo Campeonato Brasileiro. O desafio será contra o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Caso vença e com uma combinação de resultados, o time de Patón Bauza já pode assumir a liderança da competição.