Edgardo Bauza cumpre promessa de levar Paulo Henrique Ganso de volta à Seleção Brasileira

Desde sua chegada ao Tricolor, técnico argentino revelou que retorno do camisa 10 são-paulino era uma de suas principais prioridades

Edgardo Bauza cumpre promessa de levar Paulo Henrique Ganso de volta à Seleção Brasileira
(Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Não demorou muito para Edgardo Bauza cumprir uma de suas primeiras promessas desde que chegou ao comando do São Paulo neste início de temporada.

"Já conhecia Ganso e ele é um atleta de um enorme talento, seu retorno ao Brasil irá depender pura e exclusivamente dele. Pela nossa parte, vai ter uma exigência permanente e vamos exigir para que ele possa se transformar no número 10 da seleção. Mas se ele não quiser, isso não vai acontecer. Da nossa parte, o que ele vai ter é todos os dias uma exigência para poder elevar seu jogo, porque as condições ele tem de sobra, mas tem que demonstrar no campo", foi o que disse Bauza em uma de suas primeiras entrevistas após sua chegada ao Brasil.

Participando de um programa do canal fechado SporTV, Edgardo Bauza havia comentado novamente nesta segunda-feira (31) sobre a possibilidade de PH voltar a vestir a amarelinha.

"As condições, ele têm para jogar na Seleção. Mas quem escolhe não sou eu. Eu não posso me intrometer, e nem quero. Eu estou seguro é da capacidade que tem o Ganso, para jogar futebol, e de tudo que ele pode dar para o time. Eu exigo dele, porque é um jogador que pode dar ainda mais. Sigo insistindo de que ele pode dar ainda mais para o time. Já é muito, mas ele tem condições para dar mais", ressaltou.

O que talvez nem mesmo Bauza imaginava é que sua "profecia" se tornaria realidade em tão pouco tempo. PH Ganso esteve entre os pré-convocados para a disputa da Copa América Centenário, porém, acabou ficando de fora da competição na lista final. Entretanto, Douglas Costa acabou se lesionando antes mesmo de chegar a concentração da equipe, e foi substituído por Kaká. E em menos de uma semana após o anúncio foi a vez do ex-camisa 8 do Tricolor ser cortado por lesão no fim da tarde desta quarta-feira (1°), dando lugar a Ganso.

O nome do maestro da equipe de Bauza é especulado e pedido por diversos torcedores há um bom tempo. Em 2014 no comando de Muricy Ramalho, Ganso fez sua melhor temporada pela equipe Tricolor desde sua chegada no fim de 2012, sendo peça do quarteto formado também por Alan Kardec, Alexandre Pato e o próprio Kaká. 

Coincidentemente, 2012 havia sido o último ano em que o jogador havia sido convocado pela Seleção, até então comandada por Mano Menezes

Bauza realiza em pouco tempo de trabalho um feito que nem mesmo Muricy, Juan Carlos Osório e Doriva conseguiram. Basta agora realizar outra conquista, desta vez no âmbito coletivo: vencer a Libertadores da América com Rodrigo Caio, e agora PH Ganso, esperamos nós, campeões da Copa América.