Lugano exalta bom início do São Paulo no Brasileirão: "Descontar depois é impossível"

Mesmo com desfalques, equipe do defensor uruguaio venceu fora de casa pela segunda vez no ano

Lugano exalta bom início do São Paulo no Brasileirão: "Descontar depois é impossível"
(Foto: Rubens Chiri/SPFC)

Com muitos desfalques, o São Paulo foi até Minas Gerais e se superou. Com gol de Ytalo, que substituiu Paulo Henrique Ganso, na Seleção Brasileira, o clube do Morumbi venceu o Cruzeiro por 1 a 0 e conquistou sua segunda vitória fora de casa nesta temporada. A equipe de Edgardo Bauza chegou agora à sexta colocação no torneio, com dez pontos, apenas dois a menos do que o Palmeiras, primeiro time dentro do G-4.

Focado na Copa Libertadores da América, sendo semifinalista, o Tricolor, na maioria dos jogos, tem poupado alguns jogadores importantes, além de ter cedido outros para suas respectivas seleções, como Rodrigo Caio e Ganso para o Brasil, Mena para o Chile, e o meia-atacante Cueva, recém-contratado, para o Peru. Com isso, muitos garotos da base estão sendo utilizados, e Lugano, atleta mais experiente do elenco, elogiou os garotos após a partida deste domingo (5).

"O Cruzeiro é um time grande, mas nós estávamos precisando de uma vitória fora de casa, e foi uma partida muito trabalhada e merecida, mesmo com tantos desfalques. A verdade é que o time de hoje teve muitos jogadores de fora, muito para qualquer time, mas por sorte a molecada está entrando bem, dando conta do recado. E nós, que não somos moleques, mais velhos, estamos conversando e dando tranquilidade. A única realidade hoje é o Brasileirão. Se não arrancar bem agora descontar depois é impossível", afirmou o uruguaio.

Kelvin, que mais uma vez foi um dos melhores em campo pelo lado tricolor, ressaltou a união do grupo para seguir bem nas duas competições. "Estamos fechados, compramos a ideia. Os desfalques são peças importantes, como o Ganso, que é indispensável, mas quem entra quer ajudar o São Paulo. Somos um time forte, aparecemos nos jogos grandes, e vamos dar tudo para sempre vencer. A realidade é que não podemos largar o brasileiro para pensar na Libertadores, o são paulo é grande para vencer os dois", disse o atacante são-paulino.

Com jogos da Copa América Centenário nos próximos dias, o São Paulo, depois de muito tempo, finalmente terá uma semana inteira para recuperar seus jogadores e trabalhar visando seu próximo compromisso. A equipe de Patón Bauza volta a campo apenas no sábado (11), pela 6ª rodada do Brasileirão, quando recebe, no Morumbi, o Atlético-PR, às 21h.