Bauza desabafa depois da segunda derrota em casa no Brasileirão: "Futebol te castiga"

Por três vezes a equipe Tricolor carimbou a trave do Furacão no Morumbi. Número de desfalques também preocupa Patón para as próximas partidas

Bauza desabafa depois da segunda derrota em casa no Brasileirão: "Futebol te castiga"
Bauza teve mais de dez desfalques para o duelo deste sábado (11) (Foto: Fernando Nunes/ São Paulo FC)

Na noite deste sábado (11) o São Paulo perdeu de virada para o Atlético-PR por 2 a 1 no Estádio do Morumbi, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2016. O zagueiro Maicon inaugurou o marcador para o Tricolor no fim da primeira etapa, mas Otávio e Hernani no segundo tempo viraram o placar para o Furacão na capital paulista.

Após o duelo, Edgardo Bauza citou as inúmeras baixas da equipe como o principal motivo da queda de rendimento da equipe, que não manteve as boas atuações da Libertadores nestas sete primeiras rodadas do Brasileirão.

"A equipe fez um primeiro tempo muito bom, quando ficou em vantagem, e no segundo tempo teve nos contra-ataques as chances para definir a partida. Não definiu, a bola bateu quatro vezes na trave. Uma pena, a equipe fez um grande esforço para ganhar", afirmou o argentino em coletiva após a derrota.

Há menos de um mês da partida mais importante da equipe no ano, diante do Atlético Nacional-COL pelas semi-finais da Copa Libertadores da América, Bauza comentou sobre como os resultados ruins no Brasileirão podem interfirir no torneio continental. O enorme número de desfalques nas últimas partidas também foi citado por Patón. Diante dos paranaenses, o Tricolor obtinha um número superior a dez jogadores que não estavam em condições de atuar. Dentre eles, atletas importantes como PH Ganso e Rodrigo Caio que estão na Seleção Brasileira, e Hudson e Michel Bastos, que apriporam a forma física.

"Não dá para comparar os jogos da Libertadores com os do Brasileirão. Hoje foi um dia em que, se estamos acertados, o jogo termina 3 a 0, 4 a 0. Temos que ser mais precisos na hora de finalizar. E não esquecer que, do último jogo da Libertadores, tínhamos seis jogadores a menos. Esperamos que se recuperem. No banco tínhamos cinco ou seis jogadores com menos de 20 anos. É outra história. Esperamos que os jogadores se recuperem para se juntarem ao grupo o quanto antes", concluiu.

Na próxima rodada, o São Paulo volta a atuar no Morumbi. O confronto será na quarta-feira (15), quando a equipe de Bauza recebe o Vitória, às 19h30.