Calleri dedica gol a amigo e se emociona: "Foi uma perda grande na minha vida"

Atacante argentino marcou o primeiro gol do triunfo contra o Vitória e mostrou a camisa personalizada como forma de respeito e carinho ao amigo de infância, morto em acidente no último final de semana

Calleri dedica gol a amigo e se emociona: "Foi uma perda grande na minha vida"
Comemoração emocionada de Calleri ao melhor amigo Sebastian Vladisauskas (Foto: Divulgação/Fernando Nunes/saopaulofc.net)

Na partida contra o Vitória, na noite desta quarta-feira (15), o atacante Jonathan Calleri pôde fazer uma singela homenagem ao seu melhor amigo que faleceu no último sábado (11), em um acidente de moto, na Argentina. Sensibilizado, o clube tricolor liberou o jogador minutos antes do jogo diante do Altlético-PR começar para que pudesse se despedir de Sebastian Vladisauskas, amigo de infância do camisa 12 tricolor.

Depois de perder o jogo contra os paranaenses e voltar ao time no duelo contra os baianos, o atacante conseguiu homenagear o amigo aos 30 minutos do segundo tempo. Matheus Reis cruzou e Calleri, livre na pequena área, finalizou a jogada para o fundo da rede. Emocionado, o argentino mostrou a camisa personalizada como forma de respeito e carinho ao amigo 'Vladi'.

"Na verdade, tive uma semana muito difícil, porque foi uma perda grande na minha vida. Quis jogar, hoje, para dedicá-lo o gol caso conseguisse marcar. E felizmente pude fazer o gol", afirmou Calleri, que também agradeceu o São Paulo pela liberação da última partida.

"Gostaria de fazer um agradecimento ao clube, porque me deu a possibilidade de voltar ao meu país e não jogar no último sábado (11). Também quero agradeço o Bauza e os meus companheiros, que me ajudaram bastante. Agora, tenho que tratar de lutar com a equipe e tentar ganhar tudo com os meus companheiros. Em breve temos os jogos da Libertadores", finalizou.

O São Paulo venceu os baianos por 2 a 0 com gols de Calleri e Diego Lugano, conquistou 13 pontos e ocupa a quinta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (19), enfrenta o Flamengo no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Postura aprovada

O técnico Edgardo Bauza elogiou o desempenho da equipe tricolor no triunfo em cima do Vitória, no Morumbi, e destacou as participações de Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos, que foram importantes para vencer o adversário. "O São Paulo ganhou porque foi melhor do que o rival. O primeiro tempo foi muito difícil, a posse de bola estava dividida, a equipe adversária pressionou a saída de bola e nos causou muitos problemas. No segundo tempo, conseguimos adiantar, e acredito que a equipe justificou a vitória. As entradas de Ganso e Michel ajudaram. Jogamos mais do que o rival, por isso ganhamos", avaliou Patón, que fez algumas mudanças táticas na volta do intervalo, fazendo com que o time controlasse a partida: "O São Paulo tenta sempre ter a bola, mas às vezes o rival não permite, como foi no primeiro tempo. Um problema tático que resolvemos no intervalo e conseguimos controle sobre o rival. O São Paulo tenta sempre ter a bola para causar problemas ao rival", disse.