Maicon critica arbitragem no jogo contra Flamengo: "Puxou bastante para eles"

O zagueiro ficou na bronca com o árbitro após a penalidade cedida à equipe carioca; Bauza também não concordou com a marcação, e não quis comentar sobre a expulsão de Calleri

Maicon critica arbitragem no jogo contra Flamengo: "Puxou bastante para eles"
Zagueiro foi personagem no lance do pênalti com Sheik (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Na tarde deste domigo (19), São Paulo e Flamengo fizeram um acalorado "clássico nacional" no Mané Garrincha. Protagonista da partida, Calleri anotou dois gols, mas teve a atuação interrompida por tomar o segundo cartão amarelo por reclamação e foi expulso. Com gol de Rodrigo Caio (contra) e Willian Arão, o Rubro-Negro conseguiu o empate. Alan Patrick perdeu um pênalti no fim do jogo.

Com 14 pontos, o São Paulo segue na batalha em busca do G-4, terminando a rodada na quinta colocação. Seu próximo adversário é o Sport, quinta-feira (23), às 21h, no Morumbi. Já o Flamengo, que se encontra na sexta colocação na tabela, também com 14 pontos, enfrenta o Santa Cruz na quarta-feira (22), às 21h, no Arruda. 

Querido pela torcida, o zagueiro Maicon participou de um lance que poderia ter culminado num outro resultado na partida, após atingir o rosto de Sheik com o pé, dentro da área, o São Paulo estava nas mãos de Denis nos minutos finais do jogo. Alan Patrick foi pra cobrança, mas mandou a bola para fora. O zagueiro são paulino questionou a decisão do árbitro, negando ter cometido a falta. 

"Em minha opinião, não foi pênalti. Eu vi a repetição no vestiário, e eu acerto o Caramelo. Ele poderia ter dado lance perigoso, mas optou pela penalidade. Na dúvida, ele apitou pênalti", declarou Maicon. 

"A gente viu uma arbitragem que puxou bastante para o Flamengo, todos os cartões eram para a gente, eles paravam todo contra-ataque e não eram nem verbalmente advertidos", completou.

Além de Maicon, o técnico Edgardo Bauza, que preferiu não dar declarações quanto à expulsão de Calleri, não concordou com o pênalti marcado. "Creio que não foi pênalti, não sabemos o que ele marcou. Seria bom perguntar para ele (Elmo Alves) o que foi."

"A expulsão foi por algo que o Calleri disse. Raro é expulsão do Calleri, o motivo. Não quero dizer porque tenho medo que interpretem mal. Mas o motivo pelo qual o expulsou espero que coloque na súmula como foi. Vamos ver", finalizou.