Alan Kardec se despede do São Paulo e acerta saída ao Chongqing Lifan

Após dois anos atuando como jogador do São Paulo, o atacante foi contratado pelo Chongqing Lifan da China

Alan Kardec se despede do São Paulo e acerta saída ao Chongqing Lifan
Alan Kardec é mais um entre vários atletas brasileiros "seduzidos" pelo futebol chinês (Foto: Érico Leonan/São Paulo FC)

Integrado ao elenco são-paulino em 2014, Alan Kardec se despede do São Paulo com 95 jogos e 25 gols em busca de novos ares: a China. Contratado pelo Chongqing Lifan, o atacante acredita que pode render no futebol asiático, colocando a experiência frente à parte financeira, que segundo o jogador, é a prioridade de muitos atletas. 

“Foi tudo muito rápido (negociação), bem surpresa mesmo. É uma oportunidade, uma experiência nova. Tive de tomar uma decisão. Vai ser bom para o clube financeiramente e para o meu lado pessoal também. O que fica é a amizade, a saudade e o agradecimento, porque nos momentos difíceis as pessoas me apoiaram, os torcedores também. Estou grato por ter passado esses dois anos aqui. E acima de tudo no momento mais difícil da minha carreira, quando tive a lesão no joelho, os profissionais daqui me trataram com muito carinho, fizeram com que eu recuperasse minha confiança e voltasse a jogar futebol” - afirmou o atacante, que acrescentou. 

“Foram quase 100 jogos aqui. Se colocar na balança, talvez, tenham mais momentos bons do que maus. Cheguei no meio da temporada, em 2014, e terminei o ano como titular, fazendo gols importantes e ajudando a equipe. Em 2015, sofrei a lesão no joelho no começo da temporada e terminei me recuperando no segundo semestre. Começamos 2016 e algumas coisas não deram certo. Sei do meu potencial, da minha capacidade. A parte da conduta, do caráter, serviu de aprendizado. Deixo grandes amigos no São Paulo”- declarou. 

Ao clube, sobrou a gratidão pela confiança. Depois de dois anos, marcados por altos e baixos, e lesões que comprometeram o rendimento do atacante, Alan Kardec não descarta um retorno ao São Paulo.

“Sei que as portas do São Paulo estarão sempre abertas, tenho certeza disso. E isso é recíproco. Tenho só a agradecer. Fiz amigos no clube e nunca medi esforços para ajudar o São Paulo, que me acolheu muito bem desde o início. Agora, vou para um novo desafio”- completou. 

Um dos líderes do atual elenco, e ídolo, o zagueiro Diego Lugano destacou a eficiência de Alan Kardec. "O Kardec é um grande profissional e sempre esteve pronto para nos ajudar. Além de um grande amigo, é um jogador de qualidade e que merece todo o sucesso na sequência de sua carreira. Somos gratos por tudo que ele fez por nós neste período”- declarou o zagueiro.