Temas do momento:
Connect with facebook

Goleiro Dênis lamenta derrota em Porto Alegre: "Não dá para perder tantos pontos"

Apesar do resultado adverso, goleiro são-paulino foi um dos destaques do duelo diante do Grêmio

Goleiro Dênis lamenta derrota em Porto Alegre: "Não dá para perder tantos pontos"
Foto: Rubens Chiri / SPFC Divulgação

Na tarde deste domingo (24), o São Paulo foi até o Rio Grande do Sul para enfrentar o Grêmio, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, visando se aproximar do G-4. Entretanto, a equipe do Morumbi foi completamente dominada pelos mandantes, não criou chances de gol e foi derrotada por 1 a 0.

Com o resultado, o time do técnico Edgardo Bauza manteve-se na nona colocação, com 22 pontos, cinco a menos do que o quarto colocado, Atlético-PR. Para piorar, o Santos ainda joga hoje e, caso vença, a distância do Tricolor para os primeiros colocados sobe para sete pontos.

Com o time muito a baixo do que se espera, poucos jogadores conseguiram se destacar do lado são-paulino. Porém, Dênis, que durante esse ano vem sendo fortemente criticado, fez uma boa partida e evitou uma goleada gremista. Até mesmo no lance do gol dos mandantes o goleiro tricolor fez uma boa defesa no chute de Maicon, mas no rebote Douglas marcou.

Apesar da atuação segura, o arqueiro lamentou a derrota. "Eu fiz o que eu pude para evitar todos os gols, consegui fazer boas defesas, então é continuar trabalhando. Infelizmente o resultado não veio. Perdemos jogadores importantes. Até esses novos atletas entarem no ritmo nosso, vai demorar um pouco, mas no Campeonato Brasileiro não dá para perder tantos pontos. Lá na frente vamos sentir isso. A equipe do Grêmio marcou muito bem, nós tivemos alguns erros. O São Paulo precisava pelo menos de um empate. Agora temos que correr atrás."

Capitão da equipe, o zagueiro Maicon afirmou ter faltado vontade para o São Paulo ter conseguido um melhor resultado. "Faltou mais determinação, pegada, deixamos o Grêmio controlar o jogo do começo ao fim e, ao meu ver, a vitória deles foi merecida". O volante Wesley elogiou a postura dos gremistas. "Eles se comportaram bem dentro da casa deles e não conseguimos jogar, ficou nítido isso, mas fica de lição para os próximos jogos."

Após a derrota, o Tricolor agora tem uma semana para trabalhar até o próximo jogo pelo Brasileirão. Ainda há dúvidas se Bauza sai ou permanece no comando da equipe por conta da Seleção Argentina e também ainda não se sabe sobre o caso de Buffarini, que foi contratado no limite do fechamento da janela internacional de transferências.

Por outro lado, o atacante Andres Chávez deve ser apresentado e, se treinar bem, deve ficar à disposição para o jogo de domingo (31), às 11h, no Morumbi, diante da Chapecoense.