Em dois períodos, Ricardo Gomes comanda treino tático de olho no confronto contra Internacional

Divididos em dois grupos, os atletas trabalharam o posicionamento ofensivo

Em dois períodos, Ricardo Gomes comanda treino tático de olho no confronto contra Internacional
O treinador assumiu o comando do clube nessa terça-feira (Foto: Ana Luiza Rosa/São Paulo FC)

O dia foi de muito trabalho no CT da Barra Funda. Apresentado como o novo treinador do São Paulo na terça-feira (16), Ricardo Gomes comandou um treino em dois períodos nesta quarta-feira. 

Depois de uma manhã intensa, os jogadores trabalharam o posicionamento  e a posse de bola pela tarde. Aquecidos, os atletas foram divididos em dois grupos, onde teriam de realizar uma transição de um lado para o outro, com o apoio dos goleiros. 

Posteriormente, Ricardo Gomes iniciou um treinamento tático, valorizando o posicionamentos dos atletas em situações ofensivas. O restante da semana será de muito trabalho. No fim de semana, o São Paulo tem como adversário o Internacional, às 16h, no Beira Rio, em Porto Alegre. 

Com apenas 26 pontos, o São Paulo ocupa a 12ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro. O clube vive uma fase de oscilações, após a queda na Copa Libertadores da América, e sofrer com perdas pontuais de atletas, o time não tem se encontrado, e necessita de uma recuperação imediata para não brigar pelas últimas colocações, e de quebra, perder uma vaga para a Copa Libertadores da próxima temporada, uma das competições, se não a primeira de maior ganância dos torcedores. 

Ricardo Gomes poderá contar com a ajuda de duas importantes peças na busca pela recuperação. Antes com Bauza, Pintado segue como auxiliar técnico - experiente, muitos creditam a campanha do clube na Copa Libertadores em consequência de sua chegada. E André Jardine, técnico do sub-20, que teve uma rápida passagem como técnico interino na equipe profissional enquanto o clube esteve sem comando. Com o apoio de Jardine, a base será vista com bons olhos, fato que Ricardo Gomes destacou em sua apresentação. 

"Tenho memórias lindas da utilização de garotos formados pelo clube na passagem anterior, realmente grandes recordações. O trabalho é bem feito em Cotia e nessa transição, e isso será valorizado. Temos bons jogadores vindos da base, foram bem aproveitados enquanto a Libertadores era priorizada e continuarão sendo agora", disse o treinador.