Dorival destaca alerta sobre falta de vitórias no São Paulo: "É natural que estejamos preocupados"

Técnico vê equipe em situação delicada e diz que jogadores começam a ficar "contaminados" com a presença do time no Z-4

Dorival destaca alerta sobre falta de vitórias no São Paulo: "É natural que estejamos preocupados"
Foto: Rubens Chiri/saoaulofc.net

Neste domingo o São Paulo sofreu mais uma derrota em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017 contra a Chapecoense e sofrendo um revés por 2 a 0 com tentos de Túlio de Melo e Lucas Marques. Com o novo resultado negativo o tricolor paulista parou nos 12 pontos e caiu uma posição, indo para o 18º lugar.

Na próxima rodada o São Paulo recebe o Vasco na quarta (19) às 21h45 no Morumbi tentando sair de uma sequência negativa do campeonato e melhorar sua situação na tábua de classificação.

Após a partida, o técnico Dorival Júnior comentou sobre a partida e se mostrou preocupado com a forma como a equipe tem se portado em campo.

"É inaceitável isso, é natural que estejamos preocupados. Quando fizemos os gols contra o Atlético-GO também houve desarranjo. Hoje tínhamos 20 minutos para tentar a recuperação e houve um descontrole desnecessário pelo que a equipe vinha mostrando. Era questão de tempo para encaixar uma jogada e conseguir uma tabela que nos colocasse em situação de definição. É um momento difícil, mas só nós, com trabalho, sairemos dessa situação", completou o treinador.

"É o detalhe final, a equipe fez um jogo equilibrado em termos de posicionamento, trabalhando bola com paciência, procurando as movimentações. Pecamos no terço final, temos que trabalhar para que aceleremos esse processo e diminuamos a margem de erro que nos deixa muito expostos. Qualquer situação criada termina no nosso gol e isso incomoda a todos nós", falou sobre o desempenho do time em campo.

"Estaremos conversando com a diretoria, tudo tem que ser feito com equilíbrio nesse instante, foram muitas chegadas e saídas, isso acabou conturbando o desenvolvimento do trabalho. Temos que dar sequência maior aos jogadores que estão chegando. Há jogadores com 20 dias de clube, outros com 25, 30, alguma coisa de bom a equipe começa a mostrar. Se o resultado positivo não acontece, tudo é colocado no mesmo contexto, mas aos poucos vamos colocando as coisas no caminho e essa equipe pode dar muito mais do que isso", disse sobre reforços para a equipe.

"Isso existe, são grandes jogadores, fazem parte de uma grande equipe, é natural que as coisas não acontecendo tiram a confiança, é normal. Tenho que dar razão aos jogadores, nós temos que trabalhar muito mais do que falar, é uma realidade. O São Paulo precisa de uma vitória para começar a adquirir uma confiança maior. Tivemos situações muito boas que aconteceram ao longo da partida, porém, elas não se completam. Esse talvez seja o caminho para encontrarmos soluções a curto prazo", completou dizendo sobre a falta de confiança da sua equipe em si mesma.

 

 

 


Share on Facebook