Desesperado, São Paulo recebe Ponte Preta em confronto direto contra o rebaixamento

Na vice-lanterna, Tricolor busca vitória de qualquer maneira contra Macaca que também ronda a zona perigosa

Desesperado, São Paulo recebe Ponte Preta em confronto direto contra o rebaixamento
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
São Paulo
Ponte Preta
São Paulo : Sidão; Eder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros, Jucilei, Hernanes, Marcos Guilherme e Lucas Fernandes (Cueva); Lucas Pratto. Técnico: Dorival Junior
Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Fernando Bob (Jadson), Naldo e Elton; Saraiva, Emerson Sheik e Léo Gamalho (Lucca). Técnico: Gilson Kleina
ÁRBITRO: Marcelo de Lima Henrique (BRA)

Lutando contra o rebaixamento, o São Paulo recebe nesse sábado (9) a Ponte Preta no estádio do Morumbi, às 19h (de Brasília), em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017

Em décimo nono lugar com apenas 23 pontos, o Tricolor precisa desesperadamente da vitória para amenizar a situação. Na última partida do campeonato, os comandados de Dorival Junior visitaram o Palmeiras e saíram derrotados de virada por 4 a 2.  

Já a Macaca está na décima terceira colocação na tabela com 27 pontos. Vem também de uma derrota, dessa vez em casa, para o Atlético-MG, de virada por 2 a 1.  

Na partida do primeiro turno, a Ponte Preta levou a melhor sobre o São Paulo e venceu em Campinas por 1 a 0, gol marcado pelo atacante Lucca.  

Dorival Junior promove mudanças no time titular 

Depois da derrota sofrida no clássico, a situação do São Paulo ficou bem complicada no campeonato, já que o time agora é o vice lanterna da competição. Por isso, o treinador Dorival Junior deve promover algumas modificações na equipe que começará jogando. 

Começando pela defesa: na direita, Eder Militão deve ganhar a vaga de Buffarini para dar mais equilíbrio ao setor. Na zaga, Arboleda desfalca o time por suspensão e para a surpresa de alguns, a nova contratação Bruno Alves deve fazer dupla com Rodrigo Caio, ao invés do experiente uruguaio Lugano. 

No meio de campo, Cueva em má fase deve dar lugar ao jovem Lucas Fernandes pela esquerda do ataque, dando suporte a Lucas Pratto que está totalmente recuperado do trauma na região da cabeça que sofreu no último jogo e apto para o confronto importantíssimo. 

O treinador inclusive, deu uma entrevista coletiva e explicou que confia no peruano Cueva, mas que agora ele precisa recuperar a sua melhor forma para poder ajudar o time a sair dessa situação: "Ele é um grande jogador e não se discute sua qualidade. Futebol é coletivo e não me agrada ficar analisando os jogadores individualmente. Confio muito no Cueva. É uma situação momentânea, jogadores como ele passam por situações assim. Cabe a ele trabalhar para atingir as melhores condições.", analisou Dorival Junior de 55 anos. 

Gilson Kleina têm dúvidas para montar a escalação 

A Macaca começou o campeonato muito bem e aos poucos, foi caindo de produção e agora, está na luta contra o rebaixamento. Vem de derrota em casa, num confronto direto contra o Galo e precisará recuperar esses pontos. 

Para esse jogo, Gilson Kleina pode não ter o seu principal jogador no campeonato, o artilheiro Lucca se recupera de lesão e ainda é dúvida. Caso não se recupere, a opção será por Léo Gamalho, que tem características diferentes do jogador ex-Corinthians.  

Outra dúvida do treinador é no meio de campo: Fernando BobJadson brigam por uma vaga para formar trio junto com Elton e Naldo. No ataque, Emerson Sheik está confirmado, mesmo que o treinador ainda não tenha confirmado a escalação. No mais, o time será o mesmo que vem jogando nas últimas rodadas. 

Na entrevista coletiva, o treinador da Ponte Preta explicou o motivo de Lucca ainda estar como dúvida para o jogo e também afirmou ser um jogo de seis pontos: "Lucca teve uma entorse e vamos ver se ele terá condições de jogo. Tirando isso, é importante que o elenco todo esteja a disposição e trabalhamos bem nessas semana. Espero que consigamos colocar isso em prática no sábado. O São Paulo com certeza vai vir pra cima até pela pressão que a torcida vai exercer e temos que ter inteligência para atacar na hora certa.", salientou Gilson Kleina de 49 anos.