Fundamental ao São Paulo no Brasileirão, Hernanes mantém sonho de ir à Rússia em 2018

Volante, que foi premiado com a bola de prata, sonha em defender mais uma vez a camisa canarinho

Fundamental ao São Paulo no Brasileirão, Hernanes mantém sonho de ir à Rússia em 2018
Foto: Barbara Mendonça / VAVEL Brasil

Na noite desta segunda-feira (4), aconteceu na sede da CBF a premiação do Brasileirão 2017, contando com a presença de jogadores. Dentre eles, Hernanes, o profeta que voltou para o São Paulo em julho de 2017, foi fundamental para a recuperação da equipe no campeonato. 

Hernanes foi fundamental para a volta por cima do Tricolor Paulista na temporada. Logo que chegou, o jogador chegou a marca de 7 gols em 7 partidas. A equipe paulista, que estava na zona de rebaixamento,  terminou o campeonato com quase uma classificação para a próxima  Libertadores. Hernanes comentou sobre sua contribuição a equipe

“Foi uma contribuição boa, cada um deu sua contribuição no grupo, me receberam muito bem, Dorival, Comissão, o São Paulo no geral e isso foi muito importante. No meio do ano saiu e entrou muita gente, e até pra dar uma liga na equipe demora um pouco, sofremos, mas depois conseguimos nos restabelecer e ter os resultados, não os que esperamos, mas já começaram a aparecer os resultados positivos” declarou o profeta.

As boas atuações de Hernanes deixaram o atleta esperançoso por um espaço na Seleção Brasileira para o mundial na Rússia em 2018. Tite inclusive declarou estar de olho no atleta, porém quase todas as vagas já estão preenchidas. Apesar das poucas chances da convocação, Hernanes não perdeu as esperanças.

“Ele (Tite), tem olhado, como ele mesmo já falou, mas agora vai depender da minha evolução no começo da temporada que vem, se vou conseguir manter os níveis de performance que tive esse ano, nada tá fechado. Tem chances, poucas, mas vamos continuar trabalhando”

“Enquanto não acontecer a última convocação eu acreditarei. Ainda há algumas vagas que talvez sejam abertas e enquanto eu tiver essa esperança continuarei trabalhando e também será consequência, porque eu quero jogar e eu me preparo pra isso. Se a convocação vir, será a cereja do bolo” , finalizou o atleta, que tem o sonho de defender mais uma vez a camisa amarelinha.