Após retorno ao São Paulo, Hernanes é eleito um dos melhores meias do Brasileirão

Além de melhor meia, o Profeta foi eleito o craque da galera e também premiado pelo melhor gol da competição

Após retorno ao São Paulo, Hernanes é eleito um dos melhores meias do Brasileirão
Foto: Divulgação / São Paulo FC

A premiação dos melhores do Brasileirão 2017 ocorreu na noite desta segunda-feira (4), na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Hernanes, volante Tricolor, foi destaque na premiação, vencendo as categorias: Craque da galera, gol mais bonito do brasileirão e foi eleito um dos melhores meias do torneio, ao lado de Thiago Neves, do Cruzeiro.

A primeira categoria foi por votação popular. A torcida São Paulina representou e fez diversas campanhas nas redes sociais para que a premiação fosse destinada ao jogador do Morumbi, e deu certo.

Já no gol mais bonito no campeonato, Hernanes venceu pelo feito marcado diante da Ponte Preta, no empate em 2 a 2, no segundo turno do campeonato. Após uma falta perigosa, na entrada da área, Hernanes mandou uma bomba e acertou em cheio o gol de Aranha. O gol do meia, ficou a frente dos gols de Otero (Atlético MG), de cobertura diante do Coritiba, e de Jonathan, que driblou os zagueiros corinthianos e encheu a rede do Atlético PR.

Já a premiação de melhor meia, se deu pelo fato do Profeta voltar ao Tricolor em Julho de 2017 e ser um dos principais personagens da volta por cima da equipe. Quando Hernanes chegou, a equipe se encontrava na zona de rebaixamento, mas conseguiu terminar o campeonato na zona de classificação para a Copa Sul-Americana 2018.

O craque, que voltou da Itália para o clube que já havia defendido em 2008 e pretende repetir seu bom rendimento em 2018, para conseguir levar o São Paulo a conquista de troféus.

Vale ressaltar que, na primeira passagem de Hernanes pelo Tricolor, o atleta venceu o prêmio de Craque do Brasileirão no ano de 2008, venceu a bola de prata de melhor volante em 2007, foi considerado o jogador mais promissor do mundo em 2009, pelo jornal inglês The Times. Seu bom rendimento durante esses anos resultaram na convocação para a Seleção Brasileira durante os anos de 2008 e 2014.

O atleta, de 32 anos, pretende repetir o feito e espera que surjam vagas na equipe de Tite, para que ele defenda novamente a camisa canarinho na copa da Rússia 2018.