Na estreia de Diego Souza, São Paulo faz jogo trágico contra Novorizontino

Na segunda rodada da fase de Grupos do Campeonato Paulista, São Paulo enfrenta Novorizontino no Morumbi e fica no 0 a 0

Na estreia de Diego Souza, São Paulo faz jogo trágico contra Novorizontino
(Foto: Reprodução/Érico Leonan/saopaulofc.net)
São Paulo
0 0
Novorizontino
São Paulo : Sidão, Eder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio, Edimar, Jucilei, Marcos Guilherme (Caíque min.82) , Petros, Shaylon, Lucas Fernandes(Diego Souza. 60), Brenner (Cueva min.71).
Novorizontino: Oliveira, Tony, Guilherme Teixeira, Éder, Thallyson, Adilson Goiano, Jean Patrick, Rafael Ratão (Juninho min. 49), Jean Carlos (Valdeir min.84), Francis (Cleo Silva min.71) , Safira.

A partida deste sábado (20) no Estádio do Morumbi entre São Paulo e Novorizontino pela segunda rodada do Grupo B do Campeonato Paulista terminou com um placar de 0 a 0. Antes da partida, o técnico Dorival Júnior falou sobre a expectativa para o desempenho do Tricolor. 

"No nosso país, você não tem tempo. Não tendo tempo, os resultados têm que acontecer. Temos que fazer nosso melhor. Espero uma equipe bem postada, procurando realizar aquilo que foi trabalhado. Não tenho dúvida de que, com o tempo, no momento certo, as coisas vão acontecer. São Paulo tem uma boa equipe, precisa só dar esse start para fazer um grande ano", diz o técnico.

Destaque para o São Paulo no primeiro tempo

No início do jogo o Novorizontino tentou pressionar a saída de boa do São Paulo. Rodrigo Caio, Bruno Alves e Éder Militão trocaram passes para poder encontrar espaço até a transição ao ataque. Cinco minutos do primeiro tempo dois escanteios seguidos para o São Paulo mas sem balançar a rede. Aos quinze minutos Petros bateu forte fora da área mas a bola desviou na meia-lua e saiu do alcance do goleiro tocando na trave direita. E aos vinte e dois minutos Marcos Guilherme quase marcou mas a defesa do Novorizontino tirou a boa em cima da linha do gol. O Tricolor foi melhor na partida no primeiro tempo, faltando apenas capricho no último passe. 

Diego Souza entrou em campo a pedido da torcida no segundo tempo

No segundo tempo com dois minutos, Éder Militão recebeu passe forte na ponta direta e conseguiu finalizar, mas o goleiro Oliveira se esticou e espalmou para a frente, a defesa do Novorizontino completou e fez o corte. Aos três minutos mais um duelo entre Militão e o Oliveira, após cobrança de escanteio o lateral cabeceou a bola para o chão e o goleiro se jogou para o canto direito e fez grande defesa.

A pedido da torcida,  Diego Souza entra em campo. Logo em seguida  Cueva substitui Brenner e mesmo com os camisas 9 e 10 em campo o desempenho do time não melhorou durante o segundo tempo. Cueva que perdeu seis dias da pré-temporada por conta de compromissos no Peru não mostrou muito entusiasmo dentro de campo. E devido a fraca atuação da equipe do São Paulo, Diego Souza não estreou como gostaria.

Aos oitenta e dois minutos Rodrigo Caio salvou o São Paulo lo depois que Novorizontino disparou em contra-ataque e Juninho driblou Sidão e o zagueiro do Tricolor salvou em cima da linha.

Shaylon, faltando cinco minutos para o fim da partida, conseguiu perder a melhor chance ao furar quase na pequena área. Em seguida, Caique foi derrubado por Cléo Silva, mas o árbitro não marcou o pênalti. Aos quarenta e três minutos o juiz acertou ao marcar impedimento em gol de cabeça de Rodrigo Caio. E o empate por 0 a 0 foi decretado com o apito final.

No Grupo B, O São Paulo soma seu primeiro ponto e enfrenta o Mirassol, quarta-feira (24) às 21h45, na casa do adversário. E o Novorizontino sobe para quatro no Grupo C e joga como visitante novamente na próxima rodada, contra o Botafogo, quarta, às 19h30, em Ribeirão Preto.