Em 2000, São Paulo vencia pela segunda vez a Copa São Paulo de Futebol Júnior

A famosa "copinha" em 2000 tinha uma enorme lista de craques, o Tricolor contava com a presença do ainda Cacá.

Em 2000, São Paulo vencia pela segunda vez a Copa São Paulo de Futebol Júnior
Arte: Rodrigo Rodrigues/VAVEL Brasil

A Copa São Paulo de Futebol Júnior é a maior competição de juniores do Brasil  e em 2000 na sua 31ª edicão o São Paulo foi campeão pela 2ª vez. Em 2000 foi disputada entre os dias 5 e 25 de Janeiro e a partida final foi no Estádio do Pacaembu.

O time paulista não perdeu nenhum jogo, desde a fase de grupos na qual enfrentou o Juventude, Guarulhos e Rio Branco-MG, passando pelas oitavas de final vencendo o jogo contra o Atlético Mineiro, nas quartas de final venceu contra o Etti Jundiaí, venceu a  derrotou o Guarani na semifinal e o time que saiu perdendo para o ótimo time do Juventus, ainda perdeu um pênalti, mas conseguiu marcar dois gols na virada nos últimos 15 minutos.

A lista de craques contava com Kaká, na época ainda Cacá, que era reserva de um habilidoso meia armador do time, chamado Harison. Depois de promovido, Harison não conseguiu satisfazer às expectativas que se criaram em torno dele, e foi perdendo espaço. Sem contar com Renatinho, maior destaque daquela edição, artilheiro do time e melhor jogador. O São Paulo via no atacante muito futuro porém Renatinho se lesionou e jogou muito mal até o fim de seu contrato vigente. Outros destaques, como o zagueiro e capitão do time Jean, os volantes Fábio Simplício e Júlio Baptista foram promovidos ao elenco profissional e conquistaram junto com Maldonado, Gustavo Nery, Belletti e Luís Fabiano, reforços para a temporada, o Torneio Rio-São Paulo.

Ficha da Final 

São Paulo 2x1 Juventus 

Local: Estádio do Pacaembu. Gols: Gaúcho, Júlio Baptista e Márcio Luiz. Cartões Vermelhos: Fábio.

São Paulo
12 Márcio 15 Andrey (Márcio Luiz) 3 Jean 4 Xandão e 6 Hílton (Leandro). 5 Fábio Simplício 7 Júlio Baptista 17 Pepe (Julio Santos) e 18 Daniel. 8 Harison e 9 Oliveira. Técnico: Pita.

Juventus
1 Tafarel 2 Hugo (Itabuna) 3 Preto 4 João Carlos 5 Luizão e 6 Fábio. 25 Alê Batatais (Sampaio)15 Alê (Cristian) e 9 Reginaldo. 22 Zé Roberto e 18 Gaúcho.  Técnico: Marçal.