Rumo à Olimpíada: Formiga, a meio-campista da seleção permanente

Aos 38 anos e com seis Olimpíadas no currículo, Formiga tem vinte e um anos de história na Seleção e encerrará sua trajetória na Rio 2016

Rumo à Olimpíada: Formiga, a meio-campista da seleção permanente
Rumo à Olimpíada: Formiga, a meio-campista da seleção permanente

Miraildes Maciel Mota não é um nome muito conhecido para o mundo. Entretanto, quando falamos em Formiga os apaixonados por futebol já conseguem reconhecer. Uma das maiores jogadoras de futebol feminino da história brasileira, a jogadora carrega uma história de muita luta pelo esporte. Natural de Salvador, a meio-campista carrega cinco Olimpíadas nas costas e chegará na sexta na Rio 2016.

A trajetória de Miraildes no esporte foi iniciada logo aos 12 anos e na seleção brasileira começou muito antes do futebol feminino ser sequer citado nacionalmente. Em 1995, Formiga já lutava com a camisa verde e amarela e defendia com honra sua pátria apesar do baixo investimento no esporte. Mesmo que seu país não desse o reconhecimento que elas mereciam, as meninas brasileiras lutaram na Copa do Mundo na Suécia e a meio-campista, com apenas 16 anos, brigou junto.

Graças ao baixíssimo investimento no esporte brasileiro, Formiga precisou constantemente mudar de clube e até sair do país. Foram doze times diferentes em vinte e três anos como profissional, passando por equipes como São Paulo, Santos e São José no Brasil e jogando nos Estados Unidos e Suécia.

O currículo de Formiga na seleção é longo. Em Jogos Olímpicos, esteve nas edições de Atlanta, em 1996, Sydney, 2000, Atenas, 2004, Pequim, 2008 e Londres, em 2012. No Pan-Americano, esteve nas conquistas em Santo Domingo, 2003, no Rio de Janeiro, 2007, em Guadalajara, 2011, e em Toronto, em 2015. A jogadora também é a que mais participou de Copas do Mundo, estando presente em 1995, 1999 , 2003, 2007, 2011 e 2015.

Formiga não será apenas a grande líder da seleção brasileira em campo, mas também a detentora de três recordes dos Jogos. A jogadora se tornará a brasileira com mais participações em Olimpíadas, com seis; será a única atleta da modalidade a disputar todas as edições desde que o esporte foi incluído no calendário olímpico, em Atlanta, em 1996; e também quem mais participou do evento entre atletas dos esportes coletivos.

Sua sexta Olimpíada será a última participação na seleção brasileira. Aos 38 anos, Formiga, infelizmente, se despedirá dos gramados após os Jogos e deixará um enorme legado, independente do resultado final do Brasil. Ainda sem medalha olímpica, essa será a tentativa final para alcançar o tão sonhado ouro.

A expectativa é que o Brasil, apesar de disputar medalhas com grandes seleções em ótima fase, consiga fazer uma boa campanha. Será uma caminhada difícil, mas é possível conquistar uma medalha, principalmente para dar à Formiga a despedida que ela merece.

Ficha técnica

Nome completo: Miraildes Maciel Mota

Data de nascimento: 3 de março de 1978

Local de Nascimento: Salvador, Bahia

Altura: 1,74m

Clube atual: AA São Francisco (se aposenta após os Jogos Olímpicos)

Clubes onde passou: São Paulo (1993/94/95/96/97/99), Portuguesa (1998), Santos (2002), FC Rosengard (Suécia/ 2004/05), New Jersey Wildcats (EUA/ 2006), Quickstrike Lady Blues (EUA/ 2007), Saad (2007), FC Gold Pride (EUA/ 2009), Botucatu FC (2008/09), Chicago Red Stars (EUA/ 2010), São José (2011/12/13/14/15) e AA São Francisco (2016)

Títulos: Duas pratas nos Jogos Olímpicos (2004 em Atenas/2008 em Pequim); três ouros nos Jogos Pan-Americanos (2003 em Santo Domingo/ 2007 no Rio de Janeiro/ 2015 em Toronto); uma prata nos Jogos Pan-Americanos (2011 em Guadalajara); Sul-Americano (2010)

Com o São José Esporte Clube (SP): campeã mundial de clubes em 2014, tricampeã da Libertadores (2011, 2013 e 2014), campeã da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino