Goleiro Fernando Prass é cortado da seleção olímpica devido a fratura no cotovelo

Com atuação segura no amistoso, o atleticano Uilson pode herdar a vaga de titular do time olímpico, com o corte de Prass, abre-se uma vaga entre os três acima dos 23 anos

Goleiro Fernando Prass é cortado da seleção olímpica devido a fratura no cotovelo
Foto: Getty Images

Já era certo que o goleiro Fernando Prass não ia jogar o amistoso deste sábado (30), no Serra Dourada (GO), diante o Japão. O palmeirense seria poupado da partida preparatória para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro devido dores no cotovelo durante a semana de treinos em Teresópolis (RJ). Porém, o afastamento do camisa 1 dos gramados pode ser por tempo indeterminado.

Antes da vitória por 2 a 0 sobre a seleção japonesa, em um período de aquecimento, o goleiro Prass acusou novo incômodo. Ontem (29), ele participou do treinamento e deu esperanças a sua permanência na seleção olímpica. No entanto, a repetida reclamação pode ser diagnosticada pelos médicos como uma fratura na região.

A informação de impedimento do jogador ainda não foi confirmada, mas é transmitida por pessoas próximas a Prass. A situação preocupa, pois em 2014, o goleiro operou o cotovelo e ficou sem atuar durante cinco meses. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não se posicionou sobre a questão, a entidade aguarda os resultados de exames de imagem desta noite para fazer um pronunciamento oficial.

"No treino ontem pré-jogo, o Fernando trabalhou normalmente no gol com o preparador físico. Trabalhou com bola, caiu, fez todas as avaliações. Temos que passar por um novo processo de reavaliação médica para definir se existe isso ou não, se vai ser cortado ou não. Não posso passar por uma informação com laudo e comprovação médica de que tem ou não tem condição. Não estou omitindo ou mentindo. Depois da avaliação vamos informar se o Fernando vai ser cortado. Se vai passar por isso, é porque alguma coisa aconteceu, mas temos que ter certeza", disse o técnico Micale, com semblante bastante preocupado.

Neste domingo, a CBF deve anunciar o substituto do arqueiro. Para a posição há os goleiros Jean, do Bahia; Jordi do Vasco e Alisson do Roma-ITA. Esses nomes figuram a lista dos 35 jogadores pré-convocados que podem ser chamados até quarta-feira (3). O goleiro Alisson tem o nome mais cotado, pois é o mais experiente, com passagens pela seleção principal, contudo, a liberação junto ao Roma deve ser dificultada, pois a equipe italiana disputa os play-offs da Liga dos Campeões da Europa. Depois do início do torneio olímpico, apenas jovem Jean poderá substituí-lo, ele é o goleiro entre os quatro suplentes do Brasil.