Tite convoca Brasil com novidades e jogadores da Seleção Olímpica

Treinador divulgou a lista da convocação na manhã desta segunda-feira

Tite convoca Brasil com novidades e jogadores da Seleção Olímpica
(Foto: Divulgação/CBF)

Após a conquista da medalha de ouro inédita nos Jogos Olímpicos, o técnico Tite convocou 23 jogadores para as próximas partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo Rússia 2018. Entre os nomes, sete jogadores da Seleção Olímpica se mantiveram na equipe e novos nomes foram chamados pelo treinador.

Durante a coletiva de imprensa na sede da CBF, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Tite comentou sobre os escolhidos e afirmou que deixou alguns nomes de fora por lesão, mas só falou de Douglas Costa, do Bayern de Munique. "Alguns atletas europeus, por estarem retornando agora à atividades, ficam atrás por falta de ritmo ou lesões. A convocação é para os próximos dois jogos. Não quero ser tão otimista nem tão pessimista. Estamos fora da Copa do Mundo hoje e precisamos pensar nisso. Avaliamos o momento atual de cada um, com o melhor momento de cada atleta. O pensamento é apenas para esses dois jogos", afirmou.

Sete jogadores da Seleção Olímpica foram chamados e isso mostra o resultado do bom trabalho na Rio 2016. "Essa lista foi feita há sete dias e foi firmada na FIFA porque o regulamento exigia. Os atletas da Seleção Olímpica já estavam convocados antes da semifinal. O legado fica pelo momento que estamos vivendo, o carinho que o torcedor passou com o time na reta final. Fica um legado legal e um pedido para que o torcedor continue do nosso lado", afirmou o treinador.

Depois do fim dos Jogos Olímpicos, Neymar pediu para não ser capitão da Seleção e deixou a vaga em aberto: "Assim que acabou o jogo, Neymar me falou que não queria ser capitão e eu mandei ele curtir com a família, pois veríamos isso depois. A liderança tem vários aspectos, muitos podem ser o próximo líder. Podemos ter manutenção da capitania, vai de desempenho. Vamos dividir a responsabilidade também".

São apenas dois dias de treinamento até o primeiro jogo contra o Equador, em Quito. Com isso, Tite comentou que se baseia muito no que foi conversado e visto antes: "Vamos buscar à equipe a possibilidade de jogar bem e vencer. Nossa preocupação, já que não temos tempo de treino, é deixar cada atleta exercer sua melhor função em campo, já que eles treinam assim. Por isso falamos com os treinadores antes".

Sem querer comentar muito sobre os atletas que ficaram fora, Tite explicou porque cortou alguns nomes da lista final: "Existem muitos jogadores que poderiam ser convocados, mas detalhes os tiram. Foi assim o caso do Geromel, Elias, Luan, Willian Arão, vários outros atletas. É um acompanhamento do trabalho, na conversa com os técnicos. Todos os atletas lesionados foram excluídos pois eles precisam estar em forma para jogar nesses dois jogos. Douglas Costa e vários outros estão nesse meio".

O treinador justificou a convocação de novos nomes, como Rafael Carioca e Fagner, e elogiou Wéverton, chamado novamente após ótimo desempenho na Olimpíada. "Rafael Carioca está fazendo um grande campeonato, é merecedor por isso. Fagner também fez um ótimo campeonato, Paulinho tem uma carreira que fala por si só, é um grande campeão. Acompanhei ele ao vivo, isso tudo o credenciou para ser chamado. Todos os acompanhamentos profissionais que fiz do Wéverton, tive contato com todos os profissionais que trabalharam com ele e todos eles falaram muito das qualidades técnicas e como pessoa. Já estava no nosso planejamento e a Seleção Olímpica só melhorou", disse.

Lista de convocados:

Goleiros: Alisson (Roma), Marcelo Grohe (Grêmio) e Wéverton (Atlético-PR)

Zagueiros: Gil (Shandong Luneng Taishan), Marquinhos (PSG), Miranda (Inter de Milão) e Rodrigo Caio (São Paulo)

Laterais: Daniel Alves (Juventus), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid)

Meio-campo: Casemiro (Real Madrid), Giuliano (Zenit), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Rafael Carioca (Atlético-MG), Renato Augusto (Beijing Guoan) e William (Chelsea)

Atacantes: Gabriel Barbosa (Santos), Gabriel Jesus (Palmeiras/Manchester City), Neymar (Barcelona) e Taison (Shakhtar Donetsk)

William teve problema de lesão nos últimos dias e será avaliado pelo departamento médico da CBF para ver se segue ou não na lista final. Ainda não se sabe o grau do problema e isso definirá a permanencia ou não.

O Brasil enfrentará o Equador, em Quito, às 18h, no dia 1º de setembro. Poucos dias depois, receberá a Colômbia na Arena da Amazônia, em Manaus, às 21h45 de 6 de setembro. Sem falar muito sobre os adversários, Tite comentou: "Jogo contra Equador e Colômbia são difíceis, os dois estão na nossa frente na tabela, já tem um time pronto, tem boas variações".