Eliminatórias: cinco motivos para acreditar na vitória do Brasil contra Argentina

Eliminatórias: cinco motivos para acreditar na vitória do Brasil contra Argentina
Cinco motivos para acreditar na vitória do Brasil contra a  Argentina

No próximo dia 10, Brasil e Argentina irão se enfrentar pela 11ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O jogo acontecerá no Mineirão, às 21h45 (de Brasília). Com a volta de Neymar e a Seleção Brasileira em boa fase, veja abaixo cincos fatores para acreditar na vitória do Brasil contra a Argentina:

1. Aproveitamento do técnico Tite:

Na estreia de Adenor Leonardo Bacchi, mais conhecido como Tite, o Brasil atropelou o Equador, vice-líder das Eliminatórias Sul-Americanas. O cenário estava longe de ser o melhor momento para a estreia, mas Tite surpreendeu e o Brasil venceu por 3 a 0. Em quatro jogos, foram quatro vitórias, sendo assim, 100% de aproveitamento. Tite vem fazendo um ótimo trabalho como técnico da Seleção Brasileira. 



2. Retorno de Neymar após suspensão: 

Após ter sido punido ainda no primeiro tempo com um cartão amarelo no jogo contra a Bolívia, Neymar Jr ficou suspenso mais uma vez nas Eiminatórias. Mesmo tendo sido suspenso, Neymar atingiu duas marcas importantes em um só dia neste confronto contra Bolívia. Ao abrir o placar o craque chegou ao 300º gol oficial da carreira e tornou-se o quarto maior artilheiro da seleção brasileira. Melhor jogador em campo diante dos bolivianos, Neymar ultrapassou Zico na artilharia histórica da seleção. Ele chegou a 49 gols marcados pelo Brasil em 73 jogos. A importância de Neymar na seleção é grande. Além do poder de decisão, sua habilidade e categoria o transforma em um jogador essencial para os confrontos da Seleção Brasileira.

3. Argentina em má fase: 

Após a derrota para o Chile nos pênaltis na final da Copa América Centenário, nos Estados Unidos, Lionel Messi deixou a equipe. Voltou atrás com a chegada de Edgardo Bauza, mas os resultados ficaram distante do esperado. E nas duas últimas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo foram dois tropeços (empate com o Peru e derrota em casa para o Paraguai) que tiraram o time da zona de classificação direta. A pressão aumentou por conta da punição sofrida pela Bolívia por escalação irregular, o que indiretamente aumentou a pontuação do Chile e fez com que a Argentina caísse para a sexta posição, fora até da repescagem contra um time da Oceania. 

4. Vantagens do Brasil no Mineirão: 

A vantagem da Seleção Brasileira contra a Argentina no Mineirão, vem desde 1968 em um amistoso. A equipe do técnico Zagallo, venceu a Seleção Argentina por 3 a 2, com gols de  Dirceu Lopes, Evaldo e Rodrigue. A vantagem continuou nos anos seguintes, como em 1975, quando a seleção comandada por Osvaldo Brandão venceu a Argentina pela Copa América por 2 a 1. Os dois gols foram feitos por Nelinho, sendo uma cobrança de falta e uma cobrança de pênalti. Em 2006, Brasil venceu a Argentina por 3 a 1 pelas Eliminatórias Sul-Americanas, com show de Ronaldo os três gols foram dele de pênalti. 
 

5. Vantagem do Brasil contra a Argentina:

Ao todo foram 102 partidas. Dentro dessas partidas temos jogos da Copa América, Eliminatórias, oitavas e quartas de finais Sul-Americanas, encontraremos todos os tipos de confrontos, exceto amistosos. No total são 39 vitórias do Brasil, 37 vitórias da Argentina e 26 empates, ao todo são 159 gols para cada, na história.