Daniel Alves completa sua centésima partida pela Seleção Brasileira

Daniel Alves comemora 10 anos na Seleção Brasileira este ano. Relembre alguns momentos do lateral com a Amarelinha

Daniel Alves completa sua centésima partida pela Seleção Brasileira
Daniel Alves completa sua centésima partida pela Seleção

O lateral-direito Daniel Alves, completará sua centésima partida pela Seleção Brasileira no clássico contra a Argentina, na próxima quinta-feira (10) no estádio do Mineirão. Até agora foram 7 gols e  17 assistências pela Amarelinha.

Daniel Alves surgiu no Bahia em 2001 sendo vendido para o Sevilla em 2003, ano em que disputou o Mundial Sub-20 pela Seleção Brasileira e acabou sendo um dos destaques do time campeão.

A oportunidade na Seleção principal veio após a saída de Cafú, em 2006 foi convocado pela primeira vez pelo então técnico Dunga. Fez sua estreia no dia 7 de outubro de 2006, em um amistoso contra o  Kuwait SC.

O lateral se destacou pela Amarelinha na Copa América de 2007, onde foi decisivo na final contra a Argentina marcando um gol e dando uma assistência.

Daniel Alves sempre estava presente nas convocações de Dunga, porém era reserva de Maicon, com o treinador, o jogador era uma opção para as laterais e no meio de campo.

Na Copa das Confederações em 2009, Daniel Alves fez um dos gols mais importantes de sua carreira, pela semifinal da competição contra a África do Sul , o Lateral entrou no lugar de André Santos e marcou um golaço de falta aos 43 minutos da etapa final, classificando o Brasil para a final.

Daniel Alves disputou sua primeira Copa do Mundo em 2010, na África do Sul, o lateral não foi títular, mas sempre entrava no andamento das partidas, sendo o 12° jogador da equipe a qual foi eliminada nas Quartas de Final pela Holanda

Depois de sua primeira Copa do Mundo, Dani Alves se consolidou como títular na lateral-direita da Seleção Brasileira. Sob comando de Mano Menezes, o jogador disputou a Copa América de 2011.

Em 2013 foi campeão da Copa das Confederações  e foi convocado por Felipão para a disputa da Copa do Mundo de 2014. Com a derrota para Alemanha por 7 x 1, Felipão foi demitido e Dunga assumiu o comando da seleção. Por opção do treinador, Daniel Alves deixou de ser convocado voltando apenas na Copa América em 2015.

Em 2016, Daniel Alves completa 10 anos na Seleção Brasileira, sendo títular absoluto da equipe do técnico Tite, chegou a ser capitão no jogo  contra a Seleção da Colômbia  e caminha para jogar sua terceira Copa do Mundo, em 2018 na Rússia