Carrasco? Prazer, Tite e seu retrospecto contra adversários argentinos

Treinador é super vitorioso contra equipes hermanas e agora quer provar seu sucesso pela Seleção

Carrasco? Prazer, Tite e seu retrospecto contra adversários argentinos
Foto: Hugo Alves/VAVEL Brasil

O maior clássico do futebol mundial se aproxima e Brasil e Argentina buscam seguir suas renovações propostas recentemente por suas federações. Se Edgardo Bauza ainda vive momento de instabilidade na seleção hermana, Tite não tem do que reclamar até aqui. Invicto, com apenas um gol tomado e vitórias importantes contra equipes como Colômbia e Equador, a seleção do novo treinador tem retomado a confiança do torcedor.

E essa confiança aumenta quando puxamos o retrospecto de Tite contra equipes argentinas. Em sua carreira como treinador, Adenor só tem uma derrota enfrentando times hermanos. Comandando Grêmio, Inter e Corinthians, são mais vitórias do que até mesmo empates.

E dentre as vitórias, partidas históricas, como a conquista inédita e invicta do Corinthians contra o Boca Jrs e vitórias do Inter em plena Bombonera.

A chance de mais uma vitória no histórico de Tite contra os argentinos seria ainda maior se não tivesse um árbitro paraguaio no caminho. Em 2013, precisando reverter a derrota na Bombonera, o Corinthians enfrentava o Boca no Pacaembu por uma vaga nas quartas da Libertadores daquele ano. Mas Carlos Amarilla atuou em uma das piores arbitragens da história e o Timão apenas empatou, dando adeus ao torneio.

No total, são 14 jogos, com 9 vitórias, 4 empates e 1 derrota apenas.

Confira algumas partidas históricas do treinador:

River Plate 2 x 4 Grêmio - Mercosul 2001
 

Grêmio 4 x 0 River Plate - Libertadores 2002

Boca Jrs 1 x 2 Internacional - Sul-Americana 2008

Corinthians 2 x 0 Boca Jrs - Libertadores 2012