Chance de melhorar: Tite e seu retrospecto no Mineirão

Treinador se sente em débito com o estádio e com o estado após passagem pelo Atlético MG e agora tem a chance de melhorar a história

Chance de melhorar: Tite e seu retrospecto no Mineirão
Foto: Hugo Alves/VAVEL Brasil

Poucos estádios do mundo tem uma história tão marcante recentemente quanto o Mineirão. E pouco mais de dois anos após o marcante 7 a 1 na Copa do Mundo, o Brasil volta ao estádio mineiro para encarar seu maior rival. Brasileiros e argentinos duelam em momentos diferentes na Eliminatória para a Copa da Rússia.

E Tite terá a chance de mudar um insucesso de sua vitoriosa carreira. Campeão em Grêmio e Internacional, mas alçado ao peso de ídolo do Corinthians, o treinador teve passagens por Palmeiras e Atlético MG, mas foi no Galo que seu trabalho não teve nenhum resultado. Muito pelo contrário. Em 2005, Tite assumiu o alvinegro de Belo Horizonte e deixou o time sem ajudar no combate ao rebaixamento.

A campanha daquele ano teve 13 vitórias, 8 empates e 21 derrotas. Após treinar o time mineiro, Tite foi ao Palmeiras e fez uma campanha mágica, tirando o time do rebaixamento e colocando próximo da Libertadores, mas saindo após confusão com a torcida, tendo até intervenção policial.

Ao final do torneio daquele ano, o Galo foi rebaixado pela primeira vez e Tite foi marcado como um dos culpados. Esse trabalho até hoje incomoda o treinador, que recentemente declarou estar em débito com o clube: "Queria eu ter a experiência e os conhecimentos que eu tenho hoje. A vida não é assim. Queria fazer isso, mas a vida não é assim. Mas pode ter certeza que eu gostaria sim."

Recentemente, Tite não conseguiu comandar suas equipes no Mineirão, já que o estádio estava em reforma para a Copa do Mundo 2014 ou então as equipes de BH não mandaram no Gigante da Pampulha. Em 2015, o Cruzeiro mandou seu jogo contra o Timão em Cuiabá, enquanto o Galo utilizou o Independência na sua partida como mandante. Nesse jogo, no ano passado, Tite foi hostilizado por torcedores do Atlético MG, que cuspiram e xingaram muito o treinador do Corinthians, na época, maior concorrente ao título do Brasileirão, que foi confirmado rodadas depois.

Pra quinta-feira, Tite terá a chance de limpar um pouco essa mancha encarando o maior rival brasileiro. O Mineirão também terá sua chance de começar a reverter o desastre da goleada alemã. Até a própria torcida se sente mais confiante e foi prometido um mosaico no estádio pra incentivar ainda mais a Seleção Brasileira.

VAVEL Brasil trará todos os detalhes da partida durante todo o dia com equipe in loco trazendo tudo dos arredores do Mineirão e ficará até a última entrevista dos jogadores.