Embalados, Peru e Brasil se enfrentam na última rodada das Eliminatórias em 2016

Equipes medem forças no Estádio Nacional, em Lima, para terminar o ano com resultado positivo na busca pela vaga na Copa do Mundo

Embalados, Peru e Brasil se enfrentam na última rodada das Eliminatórias em 2016
Seleção Brasileira foi eliminada pelos peruanos na Copa América Centenário (Foto:  Rafael Ribeiro/CBF)
Peru
Brasil
Peru: Gallese; Corzo, Ramos, Rodríguez, Loyola; Yotún, Aquino, Polo, Carrillo; Cueva e Guerrero
Brasil: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus
ÁRBITRO: Wilmar Roldán (COL); Auxiliares: Cristian de la Cruz (COL) e John Alexander León (COL)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 12ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia 2018, disputada no Estádio Nacional, em Lima (PER)

Embalados por grande momento após ótimas goleadas, Brasil e Peru medem forças e duelam na madrugada de terça-feira para quarta (16), à 0h15. Em partida válida pela 12ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia 2018, disputada no Estádio Nacional, em Lima (PER), as seleções querem manter a boa fase e terminar 2016 com vitória.

As Seleções se enfrentaram pela última vez na Copa América Centenário, disputada nos Estados Unidos em junho de 2016. Na ocasião, o Brasil perdeu por 1 a 0 e acabou eliminado da competição ainda na fase de grupos na época do técnico Dunga. Pelas Eliminatórias, o embate foi na quarta rodada, há quase um ano, quando os brasileiros venceram por 3 a 0 na Fonte Nova.

Após a vitória diante da Argentina, o Brasil chegou a 98% de possibilidades de conquistar uma vaga para a Copa do Mundo de 2018. Já o Peru, que começou a reação agora e ainda se recupera de um terrível início de Eliminatórias, tem apenas 16%.

Atualmente, o Brasil ocupa a primeira colocação com 24 pontos, um a mais do que o Uruguai, no segundo lugar. Já os peruanos seguem na sétima posição com 15 pontos, apenas um a menos do que a Argentina e a dois da zona de repescagem.

A busca pela vaga na Copa do Mundo

Depois de um péssimo início nas Eliminatórias, o Peru finalmente conseguiu encontrar seu melhor momento. Após vitória arrasadora sobre o Paraguai por 4 a 1 fora de casa, a Seleção Peruana terá a difícil missão de segurar o Brasil, que também chega embalado.

O único desfalque por lesão do Peru é Edison Flores, que se machucou no jogo contra o Paraguai e não tem condições de jogo. Miguel TraucoRenato Tapia estão fora por suspensão. Para seus lugares, o treinador Ricardo Gareca deve utilizar Nilson Loyola, Pedro Aquino (ou Joel Sánchez) e Andy Polo. O único pendurado é Carrillo.

Gareca projetou o confronto com otimismo: "Temos condições de poder ganhar a partida contra o Brasil, podemos fazer isso. A parte psicológica está boa. Digo no sentido mais humilde, com os pés no chão, que temos condições de ganhar".

Para manter a liderança

Líder isolado das Eliminatórias, o Brasil teve uma grande vitória na última rodada. Diante da Argentina na volta ao Mineirão, os brasileiros destruíram o rival, vencendo por 3 a 0 e mostrando porque seguem no topo da tabela.

Mantendo a tradição de alternar o capitão, Tite escolheu Fernandinho como seu homem de confiança para o jogo contra o Peru. "Chegar à Seleção, jogar e tentar manter o nível sempre. Agora, ter oportunidade de ser capitão pela primeira vez é um orgulho. Eu me sinto muito honrado, isso vai me motivar ainda mais para tentar manter o nível do último jogo e ajudar o Brasil a ganhar três pontos", comentou o jogador do Manchester City sobre seu momento.

O capitão ainda avaliou o confronto contra o Peru: "Cueva e Guerrero são jogadores excepcionais para a seleção peruana. eles jogam no Brasil e têm feito ótimo campeonato, chamam atenção dos clubes. Precisamos ter total atenção, porque em casa, com apoio da torcida, tenho certeza que farão de tudo para ganhar. No futebol, você tem que respeitar todos os adversários, independentemente do momento que vivem. Pelos jogadores que tem o Peru, temos que respeitar muito, será um jogo muito difícil, complicado, mas espero que nosso time esteja concentrado e possa vencer".

No único treino feito em Lima, Tite não fez grandes alterações no elenco da Seleção, já que os titulares treinaram com praticamente a mesma formação e apenas Filipe Luís entrou nos titulares. Marcelo foi suspenso pelo número de cartões amarelos e deixa a equipe. Os pendurados para o duelo diante do Peru são Paulinho, Daniel Alves, Miranda, Douglas Costa e Filipe Luís.

O comandante aproveitou para elogiar a Seleção Peruana: "Os próprios resultados dos jogos contra o Peru têm sido difíceis, posso avaliar qualidade e momento do Peru, o Gareca, a vitória consistente sobre o Paraguai, com o placar que foi. Um jogador que foi campeão mundial comigo, tenho uma gratidão muito grande porque sempre fomos leais [Guerrero]. De Cueva, que está fazendo um grande trabalho no Campeonato Brasileiro".