Do Palmeiras à Seleção, Gabriel Jesus comemora retorno ao Allianz Parque: "Felicidade imensa"

Campeão brasileiro pelo Palmeiras em 2015, Gabriel Jesus retornará ao estádio após 10 meses desde sua despedida

Do Palmeiras à Seleção, Gabriel Jesus comemora retorno ao Allianz Parque: "Felicidade imensa"
Foto: Marcello Neves/VAVEL Brasil

Há 10 meses, Gabriel Jesus entrava na sala de imprensa do CT do palmeiras para se despedir. Agora jogador do Manchester City (ING), retorna pela Seleção Brasileira vivendo um momento especial: contra o Chile, nesta terça-feira (10), pelas Eliminatórias, voltará ao gramado do Allianz Parque e reencontrará a torcida alviverde.  O ex-camisa 33 e atual camisa 9 não escondeu a euforia, no que classificou como "felicidade imensa"

"Marcante. É uma felicidade imensa poder retornar aonde tudo começou. Foi aonde eu realizei meu sonho, aonde eu criei uma história rápida com companheiros que tive no Palmeiras. Fico muito contente de poder retornar. Sempre tive a felicidade de ter o carinho da torcida do Palmeiras. Sempre que encontro torcedores eles me tratam com carinho"", declarou em coletiva.

+ Com Éderson e Marquinhos, Tite define seleção brasileira contra Chile

Gabriel Jesus foi campeão brasileiro em 2015 pelo Palmeiras e sempre é lembrado com carinho pelos torcedores. No Manchester City, é constantemente elogiado pelo técnico Pep Guardiola. O atacante reconhece que vive um bom momento, mas mantém o pé no chão e declara sempre estar buscando se aperfeiçoar.

"Na vida a gente sempre busca aperfeiçoar, então eu venho trabalhando muito para poder melhorar sempre. Nunca acho que está bom. Estou evoluindo mais, lógico, com muitas experiências, se tratando de seleção, se tratando de Europa. Então sim, estou evoluindo mais como pessoa e profissional"

Confira outras respostas de Gabriel Jesus:

Projeção para a Copa do Mundo: "Para falar a verdade eu sonho com Copa do Mundo desde que coloquei na cabeça que queria ser jogador de futebol. Vou brigar sempre com lealdade para estar dentro do grupo. Penso em retornar ao City para poder retornar a Seleção. A ansiedade é muita. Se eu falar que não ,vou estar mentindo. Todo jogador quer que chegue logo"

Como retorna à seleção: "Eu acredito que seja um dos melhores momentos da carreira. Estou muito feliz, lógico, mas sei que tenho que continuar trabalhando, continuar correndo, para que eu consiga ser convocado, que eu consiga jogar no Manchester e que consiga estar feliz. Vou lutar e continuar fazendo o que sempre fiz"

Falta um grande teste: "Questão de favoritismo, o Brasil em todos os torneios que jogar vai ser favorito. Pelo futebol que representar e pelo que conquistou. Você jogar contra equipes da Europa, já fica mais preparado"

Importância das Eliminatórias: "Foram meus primeiros jogos com a seleção, fico feliz de estar aqui e continuar dentro. Quando voltar pro City, continuar fazendo por merecer. Eliminatórias foi importante não só pra mim, mas para o Brasil. Para ter confiança. Para mim é sensacional. Já fazem três jogos que a gente tá na Copa, mas não mudou a seriedade nem o comportamento da equipe. O Brasil sempre vai entrar pra vencer"