Fernandinho revela conversa com Tite por função em amistoso e mostra ansiedade para a Copa

Volante pode atuar no lugar de Renato Augusto contra Japão, ao lado de Casemiro e Paulinho

Fernandinho revela conversa com Tite por função em amistoso e mostra ansiedade para a Copa
Foto: Divulgação/CBF

Na última partida da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo Rússia 2018, o volante Fernandinho deixou o banco de reservas para substituir o meia Renato Augusto. Na próxima sexta (10), às 10h, o Brasil enfrenta o Japão em seu primeiro amistoso após a participação no torneio classificatório para o Mundial, e o atleta do Manchester City pode começar entre os titulares.

Fernandinho comentou que teve uma conversa com o técnico Tite sobre ocupar a vaga de Renato Augusto, no entanto com manutenção de suas características. "Tivemos essa conversa em São Paulo, mas falamos sobre manter minhas características, de posse de bola, chutes de longa distância. Que eu não fizesse exatamente a mesma coisa do Renato Augusto. Vamos ver que variações o Tite poderá fazer", disse.

As temporadas competitivas das ligas nacionais mundo afora são distintas. Enquanto alguns jogadores estão atingindo níveis altos de exaustão e desgaste devido às retas finais das competições que disputam, outros estão no auge de seu condicionamento físico e com grande disposição em campo. Este é o caso de Fernandinho, que está chegando à metade de sua temporada e afirmou que agora seria o melhor momento para a Copa acontecer.

"Seria ótimo, pelo momento que vivemos nos clubes, na Seleção, jogando bem e com confiança. E porque fisicamente estamos muito bem. Provavelmente em junho, no fim de temporada, será diferente, chegaremos um pouco cansados. Isso faz uma diferença grande, se começasse daqui a duas semanas o rendimento de todos os jogadores seria muito melhor", apontou.

Fernandinho na Copa? Com o Brasil classificado para o Mundial do ano que vem, a lista final de Tite para a Rússia se fecha cada vez mais. Em grande fase no City e com a confiança do comandante gaúcho, o volante tem grandes chances de figurar entre os selecionáveis de 2018. No entanto, diante de tamanha imprevisibilidade, o jogador do clube inglês afirmou que quer aproveitar dia após dia.

"Procuro aproveitar cada momento na Seleção, aprender muito com a comissão técnica, e tenho trazido ao meu clube o que aprendo. Isso é muito bom, gostoso, aprender com pessoas que têm grande história no futebol, são vencedores. Procuro absorver o máximo possível, e a expectativa é muito grande. A Copa do Mundo está perto, mas ao mesmo tempo muito longe porque até junho tanta coisa pode acontecer. Vivo dia a dia", comentou.

O duelo entre Brasil e Japão vai acontecer às 10h da próxima sexta, no estádio Pierre Mauroy, na cidade de Lille.