Com convocação no fim do ano, Tardelli segue com planos de ir à Copa de 2018

Atacante foi lembrado por Tite pela primeira vez para duelos de outubro, o que reacendeu sonho de chegar ao Mundial

Com convocação no fim do ano, Tardelli segue com planos de ir à Copa de 2018
Foto: Claudio Reyes/AFP

No futebol internacional desde 2015, quando deixou o Atlético-MG para defender a camisa do Shandong Luneng, da China, o atacante Diego Tardelli espera ter uma outra oportunidade em território estrangeiro no ano que vem. O jogador mira integrar a Seleção Brasileira na busca da Canarinho pelo hexacampeonato da Copa do Mundo da Rússia.

"Estou na expectativa, é um sonho que tenho disputar uma Copa do Mundo e por ter sido convocado na penúltima convocação. Agora é esperar, começar a temporada bem, do jeito que terminei este ano", comentou ao Globoesporte.com, após participar de jogo beneficente em Uberlândia nessa terça-feira (26).

As esperanças do atacante se renovaram com a convocação para os jogos contra Bolívia e Chile, que aconteceram nos dias 5 e 10 de outubro, respectivamente, pelas Eliminatórias da Copa. Essa foi a primeira convocação de Tardelli para a Seleção Brasileira na "Era Tite" desde quando o comandante da Canarinho chegou ao posto, em setembro do ano passado.

Tardelli está encerrando sua terceira temporada no futebol chinês. O atleta deve renovar com o Shandong Luneng, mas chegou receber sondagens de Flamengo e Corinthians, por exemplo. Quanto à permanência no futebol estrangeiro, o atacante afirmou que pretende continuar por lá.

"Continuo porque estou feliz com minha família na China, nosso projeto era cumprir o contrato e as coisas foram caminhando. Fiz uma boa temporada, estou bastante feliz em poder ficar lá e, quem sabe, renovar agora em janeiro. Sinto falta do carinho da torcida, dos jogos disputados, viagens, concentrações. Por outro lado, aproveito ao máximo meus filhos, minha família. É um lado positivo que ganho na China", apontou.