Guia VAVEL Brasil: Sul-Americano Feminino Sub-20 2018

Tudo o que você precisa saber sobre o Sul-Americano Feminino Sub-20, que será disputado no Equador em janeiro de 2018; confira os detalhes dos grupos A e B

Guia VAVEL Brasil: Sul-Americano Feminino Sub-20 2018
Foto: Divulgação/FEF

No próximo sábado (13), dará início ao Sul-Americano Feminino Sub-20 de 2018 com sede no Equador, até o dia 31 de janeiro. A competição vale duas vagas para o Mundial da categoria que será disputado na França no mês de agosto do presente ano. As cidades que receberão as seleções da América do Sul são Ambato, Ibarra e Riobamba.

As 10 equipes da Conmebol foram divididas em dois grupos, cada um com cinco seleções, onde as duas primeiras colocadas dos grupos A e B classificam-se para o quadrangular final. Nesta segunda e última etapa, todos jogarão contra todos, para que conhecemos as duas melhores classificadas que viajarão à França no segundo semestre do ano.

Grupo A

Equador

Melhor campanha: Terceiro lugar em 2004

Estreia: vs Argentina 13/01, no Estadio Olímpico de Riobamba, em Riobamba

Técnica: Vanessa Arauz

Elenco

Goleiras: Andrea Morán, Gabriela Malave, Camila Cevallos.

Defensoras: Alisson Fierro, Tamara Angulo, Justine Cuadra, Ariana Lomas, Nicole Charcopa, Alexis Valencia, Kenny Morán.

Meio-Campistas: Andrea Ochoa, Jóselyn Espinales, Doménica Rodríguez, Britney Guadamud, Michelle Clarkin, Karen Flores, Natalie Hidalgo, Ana Camila Paladines.

Atacantes: Luisa Espinoza, Maylín Arreaga, Carmen Caicedo, Marthina Aguirre.

Foto: Armando Prado/El Comercio
Foto: Armando Prado/El Comercio

Destaque: Tamara Angulo

A jogadora do Unión Española é a líder de sua equipe, a capitã de 19 anos de idade integra à seleção equatoriana desde os 13. Ela atua como zagueira e carrega o peso de já ter disputado a Copa América de 2014 pela seleção principal, recentemente, foi vice-campeã dos Jogos Bolivarianos de 2017.

Fique de olho também: Michelle Clarkin e Luisa Espinoza.

Argentina

Melhor campanha: Vice-campeão em 2006, 2008 e 2012

Estreia: vs Equador 13/01, no Estadio Olímpico de Riobamba, em Riobamba

Técnico: Carlos Borrello

Elenco

Goleiras: Solana Pereyra, Camila Aballay.

Defensoras: Elen Leroyer, Aldana Narváez, Milagros Otazu, Luana Muñoz, Eugenia Nardone, Milagros Mina.

Meio-Campistas: Justina Morcillo, Daiana Falfan, Karen Giménez, Rocío Vázquez, Ariana Álvarez, Candela Larrondo, Chiara Signarella, Rocío Correa.

Atacantes: Juliana Berardo, Milagros Díaz, Daiana Gómez, Fernanda Grecco, Catalina Primo, Ayelén Acuña.

Foto: Divulgação/AFA
Foto: Divulgação/AFA

Destaque: Rocío Correa

A jovem meia ofensiva do San Martín, vai para o seu segundo sul-americano sub-20. Depois de bater na trave em 2015, a atleta tucumana almeja o mundial nesta edição, "estar na seleção é um sonho que nunca acaba para mim, sempre estarei em qualquer lugar e minhas expectativas para este mundial é a classificação, sonho com o mundial", disse a argentina boa de bola.

Fique de olho também: Juliana Berardo e Milagros Otazu.

Colômbia

Melhor campanha: Vice-campeão em 2010

Estreia: vs Paraguai 13/01, no Estadio Olímpico de Riobamba, em Riobamba

Técnico: Carlos Quintero

Elenco

Goleiras: Allyson Ballesteros, Michele Lugo, Valentina Castañeda.

Defensoras: Manuela Vanegas, Sara Páez, Nancy Acosta, Angie Duque, Mayerly Ramirez, Lexly Yara, Lizeth Ocampo.

Meio-Campistas: Ana Maria Fisgativa, Aura Hoyos, Natalia Acuña, Sara Pulecio, Sharon Ramírez, Melissa Rivas, Nicol Camacho.

Atacantes: Laura Bareto, Maireth Pérez, Angie Castañeda, Luz Sarmiento, Belkis Niño, Sara Córdoba.

Foto: Divulgação/FCF
Foto: Divulgação/FCF

Destaque: Angie Castañeda

A baixinha camisa 10 da seleção colombiana é destaque tanto nos gramados como nas quadras, Angie também atua no futsal, mas é no campo que a atacante faz seu nome. Foi campeã com o Santa Fé na primeira edição do campeonato colombiano e já disputou o mundial sub-17 em 2014, foi destaque na belíssima campanha campeã da Colômbia nos Jogos Bolivarianos de 2017.

Fique de olho também: Maireth Pérez e Sara Córdoba.

Paraguai

Melhor campanha: Vice-campeão em 2004 e 2014

Estreia: vs Colômbia 13/01, no Estadio Olímpico de Riobamba, em Riobamba

Técnica: Epifania Benítez

Elenco

Goleiras: Isabel Ortiz, Jessica Franco, Heidi Salas.

Defensoras: Lorena Alonso, Limpia Fretes, María Martínez, Natalia Villasanti, Daysy Bareiro, Yéssica Cabañas.

Meio-Campistas: Fanny Godoy, Vanessa Arce, Dahiana Bogarín, Rosa Miño, Monserrath Ayala, Camila González, Lice Chamorro, Yudith Arrúa.

Atacantes: Jessica Martínez, Fabiola Sandoval, Bianka Ávila, Jessica Sánchez, Maria Elena Quiñónez.

Foto: Divulgação/APF
Foto: Divulgação/APF

Destaque: Jessica Martínez

A atacante do Santos-BRA, já é figurinha carimbada na seleção principal do Paraguai, disputou a Copa América de 2014, anotando três gols, também marcou presença nas copas do mundo sub-17 de 2014 e 2016, além do mundial sub-20 de 2014. Dona de um faro de gol impressionante, a veloz jogadora está disposta a levar o Paraguai a mais uma copa da categoria.

Fique de olho também: Fanny Godoy e Fabiola Sandoval.

Peru

Melhor campanha: Quarto lugar em 2006

Estreia: vs Argentina 15/01, no Estadio Olímpico de Riobamba, em Riobamba

Técnica: Vivian Ayres

Elenco

Goleiras: Mía Shalit, Karla López, Silvana Alfaro.

Defensoras: Emma Bocanegra, Katherine Ruiz, Adriana Zorrilla, Rosa Ross.

Meio-Campistas: Megan Porras, Tabitha Galliani, Odalys Rivas, Sandra Arévalo, Esthefany Espino, Kamila Cuchillo, Fiorella Machaca.

Atacantes: Michelle Paredes, Nicolle Malpartida, Reyna Zuzunaga, Izabella Ruíz, Ximena Solís, Xioczana Canales, Pierina Núñez, Diana Alfaro.

Foto: Divulgação/FPF
Foto: Divulgação/FPF

Destaque: Xioczana Canales

Atacante de 18 anos que atua no JC Sport Girls, responsável pela última vitória da seleção peruana em categorias de base e a única diante da Argentina em qualquer divisão feminina, 1 a 0 no sub-17 de 2016. A jogadora revelação, com seus 1,62 pretende ajudar sua equipe a conseguir alçar voos mais altos na competição.

Fique de olho também: Sandra Arévalo e Pierina Núñez.

Grupo B

Brasil

Melhor campanha: Campeão em todas as edições

Estreia: vs Chile 14/01, no Estadio Olímpico de Ibarra, em Ibarra

Técnico: Doriva Bueno

Elenco

Goleiras: Kemelli, Stefane, Nicole.

Defensoras: Isabella Fernandes, Thais Reiss, Andressa, Tainara, Ariane, Ingryd, Thais Regina.

Meio-Campistas: Lu Sartório, Angelina, Ana Vitória, Karla, Victória, Juliana, Ariadna.

Atacantes: Kerolin, Geyse, Valéria, Brenda, Luana Grabias.

Foto: Boris Streubel/Getty Images
Foto: Boris Streubel/Getty Images

Destaque: Kerolin

Rápida e habilidosa, Kerolin Ferraz é sem sombra de dúvidas o destaque desta seleção. Com apenas 18 anos, a jovem atacante foi a artilheira da Ponte Preta no Paulista 2017 e eleita a jogadora revelação do Brasileirão Feminino A1, participou da campanha vitoriosa do Corinthians/Audax na Libertadores e foi peça fundamental no vice-campeonato do Torneio Nike Friendlies na pré-temporada.

Fique de olho também: Kemelli e Victória.

Bolívia

Melhor campanha: Quarto lugar em 2004 e 2014

Estreia: vs Chile 16/01, no Estadio Olímpico de Ibarra, em Ibarra

Técnico: Weimar Delgado

Elenco

Goleiras: Kimberly López, Leonela Cruz, Lucero Villegas.

Defensoras: Martha Andrade, Lorena Contreras, Raquel Meneses, Ruth Jiménez, Dania Coro, Ely Cardozo.

Meio-Campistas: Ana Paola Andia, Yoselín Basualdo, Sheyla Anagua, Cielo Veizaga, Saraí Mamani, Nashmi Segovia, Vanesa Layme, Jhiorgina Hoyos.

Atacantes: Emilie Doerksen, Brandy Flores, Tatiana Sucubono, Sarah Vargas, Elina Vásquez.

Foto: Divulgação/FBF
Foto: Divulgação/FBF

Destaque: Emilie Doerksen

A atleta de ascendência canadense de apenas 16 anos, integra à seleção boliviana pela primeira vez, porém com altas expectativas. Conhecida pela velocidade, raça e disciplina, a atacante camisa 11 vem acumulando gols importantes em amistosos de pré-temporada, todavia é no Equador, que a jogadora quer conquistar o seu espaço.

Fique de olho também: Cielo Veizaga e Martha Andrade.

Chile

Melhor campanha: Quarto lugar em 2008 e 2010

Estreia: vs Brasil 14/01, no Estadio Olímpico de Ibarra, em Ibarra

Técnico: Óscar Wirth

Elenco

Goleiras: Gabriela Bórquez, Damaris Moreira, Tina Lingsch.

Defensoras: Karime Orozco, Savka Alfaro, Josefina Keymer, Laura de la Torre, Tyare Ríos, Fernanda Hidalgo, Katherine Urrea, Javiera Toro.

Meio-Campistas: Yastin Jiménez, María Cristina Julio, Sofía Beltrán, Ignacia Vásquez, Valentina Contreras.

Atacantes: Macarena Adasme, Javiera Grez, Rosario Balmaceda, Catalina Carrillo, Melany Letelier, Isidora Olave.

Foto: Divulgação/ANPF
Foto: Divulgação/ANPF

Destaque: Rosario Balmaceda

A atacante da Universidad de Chile que tem um belo domínio e que pega na bola como poucas, é uma das líderes deste grupo. Com recentes convocações para a seleção adulta, Rosario pretende estender este, ainda que pequeno, sucesso com a seleção sub-20 e, com apenas 18 anos, tem o peso de levar as chilenas ao mundial.

Fique de olho também: Yastin Jiménez e María Cristina Julio.

Uruguai

Melhor campanha: Não passou da primeira fase em todas as edições

Estreia: vs Venezuela 14/01, no Estadio Olímpico de Ibarra, em Ibarra

Técnico: Ariel Longo

Elenco

Goleiras: Agustina Sánchez, Josefina Villanueva, Catia Gómez.

Defensoras: Fátima Barone, Daiana Farías, Antonela Ferradans, Sofia Ramondegui, Micaela Dominguez, Adriana Salvagno, Daniela Olivera, Carina Felipe.

Meio-Campistas: Lucia Pérez, Micaela Fitipaldi, Agustina González, Luciana Gómez, Belén Yuvet, Naiara Ferrari, Karol Bermúdez.

Atacantes: Esperanza Pizarro, Cecilia Gómez, Ángela Gómez, Tamara García.

Foto: Steve Bardens/Getty Images
Foto: Steve Bardens/Getty Images

Destaque: Carina Felipe

Jovem jogadora de 19 anos, versátil, que sabe sair jogando, já disputou o mundial sub-17 como lateral esquerda, no sub-20 chegou a jogar de lateral direita e atualmente assume a posição de zagueira, com passagens até pela seleção principal, onde jogou a Copa América em 2014. Carina atua pelo Nacional-URU e já foi eleita a melhor jogadora do campeonato uruguaio em 2012 com apenas 14 anos de idade, olho nela.

Fique de olho também: Luciana Gómez e Belén Yuvet.

Venezuela

Melhor campanha: Vice-campeão em 2016

Estreia: vs Uruguai 14/01, no Estadio Olímpico de Ibarra, em Ibarra

Técnico: José Catoya

Elenco

Goleiras: Nayluisa Cáceres, Alexa Castro, Juliana Gómez.

Defensoras: Gerardine Olivo, Sandra Luzardo, Naiyerlin Ropero, Verónica Herrera, Fátima Lobo, Claudia Quintero, Hilary Vergara, Iceis Briceño.

Meio-Campistas: Daniuska Rodríguez, Hillaris Villasana, Greisbell Márquez, Yulieska Suárez, Camila Pescatore, Nathalie Pasquel, Jeismar Cabeza, Yerliane Moreno.

Atacantes: Deyna Castellanos, Yailyn Medina, Génesis Florez.

Foto: Boris Streubel/Getty Images
Foto: Boris Streubel/Getty Images

Destaque: Deyna Castellanos

Terceira melhor jogadora do mundo de 2017, segundo a FIFA, Deyna sem dúvidas é o grande destaque deste sul-americano. Desta vez, os olhos estarão voltados para a sua performance dentro das quatro linhas, liderando a Venezuela à classificação para o mundial. Artilheira nata, a atacante acumula diversos resultados positivos com as categorias de base, colocando o nome de sua equipe nos mais altos patamares. Com apenas 18 anos, é a maior artilheira da Venezuela pelo sub-17, com 25 gols em 26 partidas e espera repetir este desempenho vitorioso com a sub-20.

Fique de olho também: Daniuska Rodríguez e Yerliane Moreno.