Diego Souza critica arbitragem na derrota para Flamengo: "Jogamos contra algo a mais"

Camisa 87 do Sport detona atuação dos árbitros em partida de estreia do Brasileirão

Diego Souza critica arbitragem na derrota para Flamengo: "Jogamos contra algo a mais"
Atleta leonino reprovou falta de critério utilizado no jogo diante do rubro-negro carioca (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Campeonato Brasileiro 2016 mal começou e já foi registrada a primeira confusão acerca da arbitragem. Em confronto válido pela 1ª rodada, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Sport acabou derrotado pelo Flamengo por 1 a 0. Pelo segundo ano consecutivo, o meia Diego Souza saiu o campo com muitas reclamações a respeito dos lances do jogo.

Na tarde deste sábado (14), o meio-campista do Leão se queixou da atuação do paulista Marcelo Aparecido de Souza, do quadro da CBF. O armador leonino chegou a sugerir a existência de um problema extracampo. O camisa 87 exemplificou o gol assinalado por Vinícius Araújo, anulado erradamente, e uma falta sofrida por ele, usando a expulsão de Rithely como comparação.

"O Juan (zagueiro) deu um chute na minha barriga e ele não deu nada. Também tivemos um gol (de Vinícius Araújo) legal e ele não deu. Estamos jogando contra algo mais do que o futebol e que não está só dentro de campo. Vocês (jornalistas) estão com a câmera e podem falar mais do que a gente, podendo ver a conduta que é levada o jogo. Não tem como continuar assim", esbravejou Diego em entrevista à SporTV.

Em 2015, o articulador rubro-negro havia se queixado da falta de fair play por parte dos flamenguistas, em partida que acabou empatada em 2 a 2. Na ocasião, o atleta ainda ficou como goleiro nos instantes finais, já que Magrão sofreu uma lesão no ombro direito e não pôde seguir em campo.

O compromisso seguinte dos pernambucanos no Brasileirão, pela 2ª rodada, será somente às 18h30 do próximo domingo (22), na Ilha do Retiro. A equipe retorna a Recife para encarar o Botafogo, buscando os primeiros três pontos na competição, visando iniciar na condição de mandante com saldo positivo. Os botafoguenses, porém, fazem a estreia nesse domingo (15), às 11h, diante do São Paulo também no sul fluminense.