Oswaldo lamenta revés do Sport diante do Santos: “Tivemos uma postura ruim”

Técnico rubro-negro reprovou apresentação dos seus comandados na primeira etapa e cobrou uma postura mais corajosa para as próximas rodadas; comandante ainda negou contato com diretoria do Corinthians

Oswaldo lamenta revés do Sport diante do Santos: “Tivemos uma postura ruim”
Foto: Williams Aguiar/Sport

A situação vai ficando cada vez mais complicada. O Sport não consegue se encontrar na temporada e a vai se afundando na zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta noite, o time rubro-negro foi enfrentar o Santos, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, São Paulo, e acabou apresentando um péssimo desempenho, escapando de uma goleada por conta da falta de pontaria e das ótimas defesas do goleiro Magrão. Após o apito final, o técnico Oswaldo de Oliveira lamentou o novo revés e a apresentação abaixo.

O técnico do Leão, Oswaldo de Oliveira, afirmou que vai ter uma conversa séria com os jogadores para tentar reverter a situação em que o time se encontra nesta Série A do Campeonato Brasileiro. O treinador avaliou a postura do rubro-negro da Praça da Bandeira, principalmente no primeiro tempo, como muito ruim, pois apenas assistiu o Santos jogar, sendo um pouco diferente na etapa final.

“É minha função tentar contornar essa fase. Os jogadores têm de saber que precisam reagir. Não tem segredo para tentar buscar a motivação ideal do elenco. Vamos conversar, falar sério. Realmente, já fizemos partidas muito melhores que essa. A diferença entre o primeiro e o segundo tempo foi evidente, pois jogamos muito mal na etapa inicial. Foi uma postura ruim, sem coragem, sem confiança. Não podemos repetir isso mais na sequência da competição”, afirmou o treinador leonino, que gostou do desempenho do time no segundo tempo.

“Nosso primeiro tempo foi muito aquém do esperado, no entanto, na etapa final conseguimos sair mais para o jogo e até criar chances de gols. Eles estavam orientados a jogar com mais confiança, e terminamos criando algumas oportunidades para evitar a derrota. É esse espírito que precisamos sustentar. É hora de jogarmos confiantes e comprometidos”, continuou.

O técnico Oswaldo de Oliveira ainda aproveitou o momento para negar qualquer contato com a diretoria do Corinthians, que procura um novo treinador após a saída de Tite para Seleção Brasileiro. Apesar disso, o comandante deixou claro todo carinho que tem pelo corintiano, clube em que conseguiu conquistar títulos importantes na sua carreira.

“Não vamos comentar sobre suposições. Eu adoro o Corinthians, que é um clube responsável pela minha maturidade como treinador, no entanto, estou no Sport e vamos respeitar isso. Fico honrado por ter sido lembrado. Não chegou nada para mim, não houve nenhum contrato. Então, não posso falar sobre isso”, pontuou.