Sport vence Grêmio em jogo eletrizante e encerra série negativa no Brasileirão

Jogo de seis gols teve emoção no segundo tempo, até que Diego Souza decretou placar final

Sport vence Grêmio em jogo eletrizante e encerra série negativa no Brasileirão
Foto: Williams Aguiar/Sport
Sport Recife
4 2
Grêmio
Sport Recife: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Serginho, Éverton Felipe, Diego Souza e Rogério; Edmílson.
Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Jaílson, Maicon, Giuliano, Douglas e Éverton; Luan.
Placar: 1-0, min. 21, Serginho. 2-0, min.38, Diego Souza. 2-1, min.1/2T, Pedro Geromel. 2-2, min.17, Pedro Geromel. 3-2, min.22, Edmílson. 4-2, min.29, Diego Souza
ÁRBITRO: RODRIGO BATISTA RAPOSO (DF), AUXILIADO POR FABIANO DA SILVA RAMIRES (ES) E JOSÉ REINALDO NASCIMENTO JUNIOR (DF).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 15° rodada do Campeonato Brasileiro 2016, disputada na Ilha do Retiro, em Recife

Na Ilha do Retiro, o Sport Recife recebeu o Grêmio, em partida válida pela 15° rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Mal sabiam os torcedores presentes no estádio a partida eletrizante que estava por vir. A rede balançou seis vezes na partida. O Leão bateu o Tricolor por 4 a 2, com grande atuação de Diego Souza, e encerrou sequência de cinco jogos sem vencer. 

LEIA MAIS: Fluminense constrói resultado no primeiro tempo, vence e empurra Cruzeiro para zona do rebaixamento

A partida eletrizante começou quando Serginho, aos 21, abriu o placar para os donos da casa. Aos 38, Diego Souza, em cobrança de escanteio, tratou de ampliar o placar na Ilha.

Já no segundo tempo, Pedro Geromel entrou em ação logo no primeiro minuto, diminuindo a vantagem e empatando o jogo com dois gols nascidos de bola área, aos 17. Abalado, o Sport saiu em busca da vitória e logo achou, quando Edmílson aproveitou falha defensiva, aos 22 minutos. De pênalti, Diego Souza decretou o placar final. 4 a 2.

Com a vitória garantida após cinco jogos sem saber o que eram os três pontos, o Sport pulou para 17° posição, agora com 15 pontos, mais próximo do Figueirense - primeiro fora da zona de rebaixamento, com 16. O Grêmio, por sua vez, não teve grandes prejuízos na tabela. Com 28 pontos, o Tricolor manteve-se na terceira posição, mas viu o Palmeiras escapar ainda mais na liderança. 

Diego Souza marcou dois gols na partida (Foto: Divulgação/Sport Recife)
Diego Souza marcou dois gols na partida (Foto: Divulgação/Sport Recife)

Sport é efetivo e marca dois gols no primeiro tempo

Mesmo jogando fora de casa, quem começou o jogo a todo vapor foi o Grêmio. Com apenas dois minutos de jogo, Giuliano acionou Luan, de frente pro gol, chutar na trave do goleiro Magrão. Os visitantes tinham mais posse de bola nos primeiros dez minutos. Aos três minutos, Luan, novamente entrou na área, forçando a intevenção do goleiro pernambucano. 

Após os minutos iniciais de bom volume gremista, o Sport começou a dominar o jogo. Com mais calma e bola no chão, os ataques eram direcionados à lateral-esquerda, onde Renê fazia boas jogadas de linha de fundo e incomodava a defesa gremista. Aos 17, o lateral cruzou para Rogério finalizar em cima de Fred, que botou para escanteio. 

Não demorou muito para os mandantes ditarem o ritmo do jogo e chegarem ao primeiro gol. Se do outro lado, a rede não balançou, Serginho tratou de ser efetivo: volante desarmou Douglas no meio-campo, tabelou com Edmílson e tocou no canto de Marcelo Grohe para abrir o placar na Ilha. 1 a 0.

O Tricolor reagiu bem ao gol sofrido. Novamente, trocou passes no campo ofensivo e criou mais chances. Aos 28, Luan chutou em cima da marcação e na sobra, Giuliano finalizou por cima da meta de Magrão. Um minuto depois, Luan, de novo, arrematou para o gol, também por cima. 

Buscando o gol de empate, os visitantes chegaram com maior perigo quando Everton, livre pelo lado direito, cruzou rasteiro para Luan. O camisa 7, sem goleiro, não conseguiu alcançar a bola, que por centímetros, saiu em linha de fundo. 

Quando o Sport parecia acolhido no campo de defesa, esperando um contragolpe, eis que de um escanteio da direita, nasceu o segundo gol pernambucano. Everton Felipe cruzou na cabeça de Diego Souza, que marcou mais um para o Sport. 2 a 0.

Por fim, Everton, aos 42, fez jogada individual na esquerda e buscou o ângulo de Magrão, mas mandou para fora. Fim de papo no primeiro tempo, com vantagem para o Leão. 

Grêmio busca empate, mas Sport marca mais duas vezes e garante vitória

O Tricolor Gaúcho voltou com tudo para o segundo tempo! Com menos de um minuto, Luan cobrou escanteio na área, a bola bateu em Serginho e sobrou para Pedro Geromel, livre, diminuir para os visitantes. 

Com o gol dos visistantes, o Sport ficou atordoado e com medo de levar o empate, sendo assim, recuou ainda mais na partida. Aos 17 minutos, Pedro Geromel, de novo, aprontou das suas: Levantamento na área, a bola sobra para o zagueiro, que manda sem deixar a bola cair, no canto de Magrão. Jogo empatado e partida aberta na segunda etapa. 

O placar estava empatado quando o Sport resolveu jogar na última metade do jogo. Everton Felipe cobrou escanteio na área, a bola passou pelos zagueiros gremistas e Edmílson desviou para o gol. Marcelo Grohe ainda encostrou na bola, mas não conseguiu evitar que sua rede balançasse pela terceira vez no jogo. Leão mais uma vez na frente. 3 a 2.

A partida estava eletrizante. Lá e cá, o placar seguia em aberto e as duas equipes estavam dispostas a jogar. O Grêmio tinha mais volume, pois buscava o empate. Porém, aos 29 minutos da segunda etapa, a efetividade pernambucana prevaleceu novamente. Everton Felipe deu janelinha em Marcelo Oliveira e foi derrubado na área. Pênalti. Na bola, Diego Souza colocou no canto direito de Grohe para fechar a conta na Ilha. 4 a 2.

Roger Machado ainda pôs Henrique Almeida e Pedro Rocha, a fim de buscar uma pressão final. Num último suspiro, Douglas ainda cabeceou com precisão e o goleiro Magrão espalmou. Sendo assim, o Sport administrou a vantagem e saiu vitorioso da Ilha do Retiro, após cinco jogos sem vencer.