Oswaldo de Oliveira ganha três reforços no Sport para jogo diante do Atlético-PR

Recuperados de lesão, zagueiro Durval e meia-atacante Gabriel Xavier se juntam ao volante Paulo Roberto, recém-contratado e que já está regularizado

Oswaldo de Oliveira ganha três reforços no Sport para jogo diante do Atlético-PR
Após duas rodadas ausente, capitão do Leão volta a ficar a disposição, devendo formar dupla com Ronaldo Alves (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Motivado por duas vitórias seguidas e fora da zona de rebaixamento, o Sport voltou aos trabalhos na tarde desta terça-feira (26). O elenco rubro-negro realizou atividades no CT José Médicis, em Paratibe, e no treinamento ganhou três novidades para o duelo contra o Atlético-PR no sábado (30), no estádio da Ilha do Retiro e válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016.

A movimentação foi em campo reduzido e com bola para os que não atuaram durante os 90 minutos diante do Cruzeiro, enquanto o resto focou em exercícios na academia. Por conta disso, o técnico Oswaldo de Oliveira recebeu reforços para o embate com o Furacão. Dois dos retornos eram esperados, já que o zagueiro Durval e o meia Gabriel Xavier se recuperaram de contusão e ficam à disposição.

O defensor e capitão rubro-negro participou da atividade com o time, mas o armador ficou em trabalho à parte com o preparador físico do clube Vitor Hugo, em conjunto com os colombianos Henríquez e Luis Carlos Ruiz. Além deles, o goleiro Luiz Carlos também esteve na zona de transição física, visando retornar o mais rápido possível.

Atacante Ruiz focado na parte física visando a estreia pelo Leão (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Atacante Ruiz focado na parte física visando a estreia pelo Leão (Foto: Williams Aguiar/Sport)

A equipe dos que não atuaram diante dos celestes teve a presença de Apodi - ficou no banco de reservas - e o volante Paulo Roberto, que já está regularizado no BID da CBF, ficando apto para estrear. O cabeça de área, inclusive, disputa vaga com o contestado Serginho e Rodrigo Mancha para iniciar entre os 11.

O caso do defensor colombiano é um pouco mais complicado, já que o atleta está parado desde a 3ª rodada e não tem previsão de retorno. O departamento médico leonino vem tratando a situação com muita cautela, por conta de um desequilíbrio muscular e isso deixa o prazo final incerto. Certo é otimismo do médico do clube, Cléber Maciel, ao afirmar que, mesmo com o processo ocorrer um pouco mais lento, as condições são boas.

''Henríquez está tendo, nesse momento, uma boa evolução. Ele está na transição, porém uma transição supervisionada pela fisioterapia. Está evoluindo muito bem, mas é um cara que, como teve um desequilíbrio muscular muito grande, a gente tem que ir com calma, para evitar que algo mais grave aconteça", garantiu o doutor.