Sport e Santa Cruz duelam no Clássico das Multidões buscando vaga nas oitavas da Sul-Americana

Tricolor tem vantagem em empate com gols, mas Leão jogará em seus domínios e buscará resultado positivo

Sport e Santa Cruz duelam no Clássico das Multidões buscando vaga nas oitavas da Sul-Americana
Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasi
Sport
Santa Cruz
Sport: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Paulo Roberto, Rithely, Everton Felipe, Diego Souza (Mark González) e Gabriel Xavier; Edmilson.
Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Allan Vieira; Uillian Correia, Derley e João Paulo; Pisano, Keno e Grafite.
ÁRBITRO: Diego Haro (PER). Auxiliares: Raul Lopez Cruz (PER) e Michael Orue (PER).
INCIDENCIAS: Partida válida pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, a ser disputada na Arena Pernambuco.

Em partida válida pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, Sport e Santa Cruz irão se enfrentar nesta quarta-feira (31). O confronto vale uma vaga nas oitavas de final e derá realizado às 21h45 na Arena Pernambuco. A arbitragem da partida entre Sport  e Santa Cruz ficará por conta de Diego Haro, do Peru. Os árbitros auxiliares serão Raul Lopez Cruz e Michael Orue, ambos compatriotas do árbitro principal. Sob o mando do Santa, o primeiro embate terminou em um empate sem gols.

Conhecido como Clássico das Multidões, o confronto teve pouco mais de cinco mil pagantes na partida de ida. Com muitas faltas e poucos lances de perigo, o primeiro duelo acabou não empolgando os poucos torcedores que compareceram. O Santa Cruz se classifica com qualquer vitória ou empates com gols. Com isso, a tendência do Sport é ir para cima do adversário desde o início da partida, o que pode ceder espaços para o Santa jogar no contra-ataque. Expectativa de bom jogo.

Oswaldo de Oliveira faz mistério referente à escalação do Sport

Com apenas duas atividades realizadas, o Sport encerrou na tarde desta terça-feira (30) a preparação para o embate diante do Santa Cruz, porém, Oswaldo de Oliveira vem fazendo mistério a respeito do plantel titular para a partida. Isso deve-se à dúvida pelo retorno de Diego Souza, que se recuperou de contusão, mas não tem certeza se irá ou não atuar. O camisa 87 está de fora há três duelos por conta de uma lesão muscular na coxa esquerda, podendo recuperar uma vaga na armação com Everton Felipe e Gabriel Xavier, que jogam pelo lado do campo.

Ainda que tenha optado por não confirmar os titulares por conta do provável retorno de Diego, Oswaldo tem outra interrogação que ainda deixa indefinido os 11. O lateral-esquerdo Renê, que vem de más atuações e ocupa o lugar do lesionado Rodney Wallace, pode perder espaço e Mansur, dessa maneira, faça a estreia, após vir por empréstimo junto ao Atlético-MG.

Destacando a importância do armador, o técnico do Leão ressaltou que vai seguir com o mesmo estilo de jogo e garantiu que a presença do jogador será fundamental: "Diego é muito experiente, tem muito poder de decisão e isso mexe com o ânimo dos companheiros. Equipes que se enfrentam muito é natural fechar o treino, tanto que só eu já vou para o quarto jogo contra o Santa. Não vamos, contudo, mudar a concepção geral da forma de jogar", declarou Oliveira.

Com isso, a provável equipe a ser confirmada para o jogo diante do Santa Cruz, terá a base já conhecida pelos torcedores: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Paulo Roberto, Rithely, Everton Felipe, Diego Souza (Mark González) e Gabriel Xavier; Edmilson.

Leia mais: Com Diego Souza incerto, Oswaldo faz mistério e não define Sport para clássico decisivo

Doriva pode repetir Santa Cruz da última partida valorizando entrosamento

O Santa Cruz deixou a desejar na partida de ida e precisará correr atrás do que não fez em casa diante do Sport na Arena Pernambuco. Tarefa difícil, já que a equipe vem enfrentando uma fase complicada no sistema ofensivo. Com um dos quatro piores ataques do Campeonato Brasileiro, o Tricolor tem somente 22 tentos marcados. Desde que o técnico Doriva assumiu, o Santa ainda não marcou gols.

Ao contrário de Oswaldo de Oliveira, o técnico Doriva não fez mistério em relação a escalação e vai repetir a mesma formação que entrou em campo no jogo de ida, na semana passada. Para o técnico, a equipe tem mostrado uma evolução nos jogos do Campeonato Brasileiro, por isso irá manter a mesma base do time das últimas partidas.

Apesar da vantagem do empate com gols, o volante Uillian Correia acredita que é possível o Santa Cruz sair do jogo com a classificação e uma vitória. Para ele, a fase ruim da equipe é passageira e o segredo para voltar a fazer gols é a paciência somada a intensidade em campo.

"Com paciência, vamos buscar fazer esse gol contra o Sport. Temos condições de vencer e conseguir a classificação na Sula. Precisamos voltar a fazer gols, a bola tem que entrar de qualquer maneira contra o maior rival. Clássico se decide no detalhe, onde quem errar menos sai com a classificação. Vamos jogar com paciência e muita intensidade, para, no momento certo, o gol sair. Tudo é passageiro, a fase ruim vai passar e vamos fazer um grande jogo com a torcida do nosso lado, para nos classificarmos para a próxima fase", disse Uillian.

Sendo assim, o provável time que enfrentará o Sport será: Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Allan Vieira; Uillian Correia, Derley e João Paulo; Pisano, Keno e Grafite. 

Leia mais: Uillian Correia aponta entrosamento como chance de Doriva repetir escalação