Oswaldo minimiza eliminação na Sul-Americana: "Nenhum dos dois foram brilhantes"

Treinador destaca equilíbrio em partida diante do Santa Cruz, reconhecendo que o Sport pode melhorar para a sequência da temporada, mesmo após resultado negativo

Oswaldo minimiza eliminação na Sul-Americana: "Nenhum dos dois foram brilhantes"
Técnico rubro-negro blinda ainda volante Serginho, que falhou no gol da desclassificação (Foto: Williams Aguiar?Sport)

Nesta quarta-feira (31), na Arena de Pernambuco, o Sport entrou em campo focado para garantir classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana 2016. Mesmo com todo o foco e determinação, o Leão acabou sucumbindo e acabou eliminado após ser derrotado por 1 a 0 pelo Santa Cruz, com gol marcado pelo atacante Bruno Moraes.

O treinador rubro-negro, Oswaldo de Oliveira, reconheceu os erros de sua equipe, todavia não deu méritos ao adversário. O comandante minimizou a desclassificação, ressaltando o equilíbrio apresentado e apontando que a eficiência coral foi fundamental, assegurando que é fundamental erguer a cabeça e mirar a sequência da temporada.

"Foi um jogo parelho e em um lance fortuito, no fim, o Santa Cruz fez o gol. Nenhum dos dois foram brilhantes em campo, assim como no jogo de ida. Há, claro, um reflexo na equipe, entretanto nosso entrosamento pode fazer eliminar tal questão e partirmos para o que ainda vem pela frente. Em qualquer grupo, sabemos que há diferença, mas estaremos reabilitados na próxima partida. Quem trabalha com futebol precisa se acostumar com vitórias e derrotas, não podemos ficar lamentando e é claro que seria ótimo vencer", declarou Oswaldo.

O técnico blindou o volante Serginho, que falhou na jogada crucial da partida, garantindo não conhecê-lo e prometendo conversa com todo o grupo, uma vez que as falhas foram coletivas. Oliveira falou ainda a respeito do planejamento para o torneio, desconhecendo a gravidade da perda da vaga na terceira fase.

"Serginho eu ainda não conhecia, mas ele é um cara atento e que sabe o que quer. Não vou trabalhar especialmente com ele, já que ele não foi o único a errar e isso faz com que converse com todo o grupo. Não tenho ideia do que possa representar, pois não estive durante o planejamento para definir a participação na Sul-Americana", encerrou.