Daniel Paulista lamenta erros mas destaca melhora no segundo tempo contra Atlético-PR

Com dois gols no primeiro tempo, Sport não conseguiu reagir

Daniel Paulista lamenta erros mas destaca melhora no segundo tempo contra Atlético-PR
O técnico Daniel Paulista agora prepara a equipe para as duas últimas partidas. (Foto Williams Aguiar/ Sport Club do Recife)

Depois da derrota para o Cruzeiro na última rodada, o Sport amargou seu segundo tropeço seguido ao enfrentar o Atlético-PR e seu gramado sintético da Arena da Baixada, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Como esperado, o leão não teve vida fácil. O furacão, que busca assegurar sua vaga na Libertadores 2017 e tem como principal triunfo o seu estádio, conseguiu um fácil 2x0 sobre um Sport sem reação. O time pernambucano agora torce contra o Internacional, que enfrenta o Corinthians nesta segunda em São Paulo, para não ver a diferença para a zona de rebaixamento diminuir para um ponto.

O técnico Daniel Paulista deixou clara sua insatisfação com o principal problema do time na partida, os erros de passe: "No primeiro tempo, erramos muitos passes também na saída de bola. E isso acaba pesando. Na hora que o ataque é armado, isso quebra." Ele também ressaltou que depois desses dois últimos tropeços, o alerta na Ilha está ligado. O Sport agora enfrenta o América-MG, lanterna e já rebaixado, no Independência, em Belo Horizonte e encerra sua participação contra o Figueirense, na Ilha do Retiro, no dia 4/12.

Daniel também enfatizou o aproveitamento do Furacão quando esteve no ataque. "No primeiro tempo, o Atlético foi feliz porque teve duas ou três oportunidades e fez dois gols. Acabou dando tranquilidade. A nossa equipe, infelizmente, não conseguiu sair da marcação e criar as jogadas. Conversamos no intervalo e ajustamos algumas coisas. Aí conseguimos pressionar o Atlético. Ficamos um pouco expostos, mas no segundo tempo o Sport foi diferente, foi para cima.", disse.

Diego Souza(foto), passou em branco dessa vez. (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)
Diego Souza(foto), passou em branco dessa vez. (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Furacão venceu por 2 a 0

O começo do jogo deu a tônica do que aconteceria durante todos os 90 minutos. O Sport, desde o ínicio, já errava muitos passes e sofria contra-ataques do time paranaense. E em um desses passes errados, André Lima recebeu sozinho na área e marcou após rebote de Magrão, aos 21 minutos.O time pernambucano, ao contrário do que se esperava, não reagiu, fazendo com que o goleiro Weverton não sofresse nenhum tipo de perigo. Já aos 34, em bate rebate na área, Ronaldo pôs o braço na bola e o juiz não teve dúvida em marcar o pênalti, que o zagueiro Thiago Heleno converteu. O segundo tempo, foi mais do mesmo, com o Sport inofensivo e o Atlético administrando a partida. Final de jogo: 2x0.