Sport é derrotado por Arsenal-ARG, mas gol de André garante classificação às oitavas de finais

Rubro-negros fizeram uma apresentação bem aquém do esperado, mas conseguiram gol perto do fim e garantiram vaga na próxima fase da competição internacional

Sport é derrotado por Arsenal-ARG, mas gol de André garante classificação às oitavas de finais
Foto: David Nieva/VAVEL Argentina
Arsenal-ARG
2 1
Sport
Arsenal-ARG: Pablo Santillo; Velázquez (Iván Bella, min 58), Curado, Monteseirín e Corvalán; Rolón (Contreras, min 62), Emiliano Papa, Ferreyra, Milo (Fragapane, min 54) e Brunetta; Wilchez. Técnico: Humberto Grondona.
Sport: Magrão; Samuel Xavier (Raul Prata, intervalo), Henriquez, Durval e Mena; Patrick, Rithely, Everton Felipe (Thomás, min 74), Diego Souza e Lenis (Rogério, min 55); André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Placar: 1-0, Brunetta, min 43; 2-0, Contreras, min 65; 2-1, André, min 83;
ÁRBITRO: Jesus Valenzuela (VEN), auxiliado por Carlos Lopez (VEN) e Franchescoly Chacon (VEN). Cartões amarelos: Emiliano Papa, Contreras, Wilchez, Velazquez e Curado (Arsenal-ARG); Patrick e Samuel Xavier (Sport).
INCIDENCIAS: Partida de volta válida pela segunda fase da Copa Sul-Americana 2017, realizada no El Viaducto, em Sarandi, na Argentina.

O Sport segue firme no sonho de conquistar um título internacional. Apesar disso, o futebol apresentado pelos rubro-negros na noite desta quinta-feira (27), no El Viaducto, em Sarandi, na Argentina, diante do Arsenal-ARG pela segunda fase da Copa Sul-Americana 2017 acabou ficando bem aquém do esperado. Os rubro-negros apresentaram muitos erros e viram a classificação ficar ameaçada, mas conseguiram avançar às oitavas mesmo com a derrota por 2 a 1. Brunetta e Contreras fizeram para os argentinos, enquanto André marcou em favor dos leoninos.

Com o resultado desta noite, o Sport avança às oitavas de finais da Copa Sul-Americana 2017 por conta do gol marcado fora de casa, uma vez que a partida de ida, realizada na Ilha do Retiro, em Recife, Pernambuco, foi 2 a 0 para o Leão. Os rubro-negros vão ter pela frente na próxima fase a Ponte Preta, que passou pelo Sol de América e garantiu sua vaga com certa tranquilidade.

A partida das oitavas de finais da Copa Sul-Americana 2017 ainda não tem uma data especifica definida, pois algumas equipes vão entrar em campo para definir sua situação nessa segunda fase. O Arsenal-ARG volta suas atenções agora para os preparativos de pré-temporada visando o início do Campeonato Argentino. Já o Sport muda o foco para a Série A do Campeonato Brasileiro, em que vai entrar em campo no próximo domingo (30), às 16h00, para fazer um duelo com o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, Bahia.

Argentinos aproveitam única oportunidade clara e saem na frente diante de Leão sonolento

O confronto começou bastante estudada, com o Arsenal-ARG tentando sair para o ataque para se impor, mas errando muito na distribuição de bola pelo meio-campo. O Sport por sua vez aproveitava isso para tentar surpreender nos contra-ataques. Assim, os rubro-negros foram chegando com perigo e tiveram boa oportunidade aos cinco minutos, quando Curado recuou para o Pablo Santillo e quase marcou contra. Depois, foi Diego Souza que aproveitou bola esquerda, chutou forte e só não comemorou por conta da defensiva argentina, que salvou bem.

Trabalhando com superioridade no meio-campo, o Arsenal-ARG encontrava muita dificuldade para infiltrar na marcação rubro-negra. A alternativa, então, passava a ser os cruzamentos na área, mas acabava ficando difícil aproveitar bem para levar perigo. Além disso, o auxiliar estava errando tudo e marcou três impedimentos de maneira errada. Sem conseguir assustar, os argentinos apelaram para o chute de fora da área e aos 27 minutos chegaram bem com Emiliano Papa, que bateu forte e obrigou o goleiro Magrão a fazer uma boa defesa.

Uma boa oportunidade em favor do Arsenal-ARG veio surgir aos 32 minutos, quando o Sport errou no setor ofensivo e Milo puxou contra-ataque pelo meio, mas na hora de tocar para Brunetta errou e mandou direto para fora. Aos 35 minutos, Milo levou perigo ao encontrar espaço pelo meio-campo e chutar forte de fora da área por cima da meta assustando a defensiva rubro-negra. A reposta veio logo depois, quando Lenis entrou na área com liberdade, limpou a marcação e chutou de maneira bizarra para fora, sem perigo algum.

Diante de tantas tentativas de todos os lados, o Arsenal-ARG acabou sendo premiada aos 43 minutos. Ferreyra avançou pela esquerda e cruzou rasteiro, Rithely escorregou e Durval não conseguiu cortar. Brunetta aproveitou bem a bola que sobrou na área e chutou forte para o fundo da meta para delírio dos torcedores argentinos. Depois disso, o primeiro tempo acabou sendo encerrado no 1 a 0 em favor dos mandantes.

Arsenal marca novamente, mas André garante o Sport nas oitavas de finais

Para o segundo tempo, o técnico Humberto Grondona resolveu manter a mesma formação da primeira etapa, enquanto o técnico Vanderlei Luxemburgo preferiu fazer uma alteração. Ele tirou Samuel Xavier para colocar o lateral-direito Raul Prata. Com a bola rolando, o Arsenal-ARG continuou bastante presente no setor ofensivo buscando pressionar a meta defendida por Magrão, mas faltava qualidade na construção das jogadas, pois o Sport pouco precisava fazer para não sofrer maiores perigos.

Buscando melhorar ofensivamente, o técnico Humberto Grondona optou por tirar Milo para colocar o atacante Fragapane. Já o técnico Vanderlei Luxemburgo também seguiu a mesma linha de reforçar o setor ofensivo e acionou o atacante Rogério no lugar de Lenis. Sem conseguir ver algo positivo, o técnico Humberto Grondona arriscou tudo ao tirar Rolón para colocar o atacante Contreras. Precisou de pouco tempo em campo, pois aos 20 minutos Wilchez entrou na área com liberdade pela esquerda e tocou na saída de Magrão, que fez grande defesa. A bola sobrou para Durval, mas ele cortou muito mal e Contreras recebeu livre para chutar forte e aumentar a vantagem para delírio da torcida argentina.

Em desvantagem, o Sport acordou e começou a partir para o ataque. Aos 21 minutos o Rogério quase marcou um lindo gol, pois puxou com velocidade da esquerda para o meio e chutou colocado, com muito perigo. Outra boa oportunidade veio surgir aos 25 minutos, quando Everton Felipe levantou na área, Diego Souza dominou com qualidade e chutou cruzado para boa defesa de Santillo. No rebote, a defesa quase se complicou, mas conseguiu evitar a chegada rubro-negra no momento certo.

Com a vantagem, o Arsenal-ARG foi se fechando bem para tentar matar nos contra-ataques. Já o Sport continuava pecando bastante na criação das jogadas e deixando espaços sempre na frente da área. A resposta rubro-negra veio aos 34 minutos, quando Thomás fez grande jogada pela esquerda e chutou para ótima defesa de Pablo Santillo, que deu rebote para André, em posição irregular, marcar e ter o lance anulado. Aos 38 minutos veio o alivio para o Leão, pois Diego Souza invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro para André mandar para o fundo das redes para deliro da torcida rubro-negra. Assim, a partida acabou encerrada no 2 a 1 em favor dos mandantes.